Gp Montreal

segunda-feira, junho 25, 2007

Eu no sábado escrevi um post sobre o dia aqui no blog, mas quando estava mesmo a terminar fiquei sem bateria e escrever outra vez o mesmo pareceu-me demasiado cansativo para o fazer.

Antes de mais a decklist com que joguei:

60 cards Sideboard
4 Terramorphic Expanse
2 Forest
3 Llanowar Reborn
1 Mountain
4 Grove of the Burnwillows
3 Plains
4 Flagstones of Trokair
2 Horizon Canopy

23 land

4 Thornweald Archer
4 Kavu Predator
4 Tarmogoyf
4 Mystic Enforcer

16 creatures
4 Chromatic Star
4 Might of Old Krosa
4 Edge of Autumn
3 Temporal Isolation
2 Fiery Justice
4 Griffin Guide

21 other spells
3 Stonecloaker
2 Fatal Frenzy
2 Fiery Justice
3 Greater Gargadon
1 Temporal Isolation
4 Whirling Dervish

15 sideboard cards

Eu sei que isto para a mentalidade tuga vai parecer algo estranho, mas o WG threshold que apareceu do nada no mtgo/magic league foi originalmente inventado por mim. Houve uma leak no meu grupo de playtesting/ideias por parte do Paulo Victor Damo da Rosa e algumas versões expalharam-se bastante depressa. O lado positivo disto, é que quando fazemos um deck, sabemos bem quais são os pontos fracos dele, pelo que o meu build final para este Gp está particularmente preparado para ganhar os mirrors de threshold.

No sábado fiz 4-2 com 3 byes, já não me lembro muito bem das rondas, mas as rondas que perdi não foi por os outros decks terem saído bem, foi pelo meu ter saído mal, comprar terrenos a mais ou a menos.

No Domingo perdi a 1ª ronda do dia e ganhei as cinco seguintes, o que é dificil, já que quando se perde a chance de fazer top8, a motivação para continuar a jogar diminui substancialmente, pelo que é necessário sangue frio para lutar pelas rondas.

Acho que o meu deck foi uma boa opção para o Gp e o resultado foi bastante bom. Para mim é estranho estar a escrever isto, porque até há bem pouco tempo atrás, tudo o que era menos que top8 era uma derrota, porém agora com a faculdade tem sido tão dificil acumular os pro tour points para chegar ao nível 3 ou manter o meu nível 4. Fiquei bastante satisfeito com sentir que foi util ter cá vindo e que ainda consigo ganhar umas rondas no meu jogo favorito.

No final do Domingo ainda joguei 2 drafts de 2hg com o Paulo Carvalho, sendo que ganhámos o primeiro e splitámos as raras através da batalha, mas ele tem uma sorte terrível, ficou com a damnation o tarmagoyf e o Urborg (devo-me estar a esquecer de alguma lol). O formato agora com future sight pareceu-me muito interessante mesmo, mas algo complexo, pelo que vou tentar draftar o máximo possível para o aprender.

Amanhã vou draftar com os japoneses no hotel dele, já que tanto o teammate do Kenji como o meu, não vieram ao GP. Na Terça sigo para San Diego para jogar o Pro Tour. Ainda não sei se vou jogar o GP San Francisco, era para não ir, mas depois de ganhar 3 pontos hoje, fiquei com vontade de voltar a correr pelos pontos, vamos ver o que as cartas querem comigo em San Diego.

André Coimbra

PS: O gémeo Fred é realmente muito chato.

Também pode gostar de

0 comentários