O que é que eu fiz?

domingo, agosto 28, 2011

No dia 27 de Julho perguntei aos leitores o que fariam nesta situação:


Depois no dia 19 de Agosto perguntei o que fariam nas seguinte situações:


Agora vou explicar o que eu fiz e porquê.

#1: Optei pelo fold. Lembro-me de um caso muito semelhante em termos de grandezas de stacks no bubble onde era preciso algo do género 80% ou 90% de equity e simplesmente não a vou ter com top pair, mau kicker.

#2: Esta situação do género Short->Chip Leader->2nd é muito frequente e o jellycz sabe que eu não posso dar call com muitas mãos, pelo que é a altura ideal para vir buscar fichas a um custo extremamente barato. É difícil metê-lo num range, porque 100% deve ser correcto, mas não sei se ele o faz. No entanto, vamos considerar algo do género 80% como alguém sugeriu nos comentários.
Neste tipo de situações SC2 (short->CL->2nd), onde o bubble factor é muito alto(O 3º não ganha nada e o top2 ganha o mesmo) é quase sempre incorrecto dar call de AK (chocados?), isto, porque contra ranges do género 80-100% das mãos, AK tem muito menos valor do que pares, chegando até a haver casos onde é correcto dar call com 88 e optar pelo fold com AK!
Neste caso em particular, como ainda temos 20BB+, eu penso que TT seja um fold e o range correcto seja algo do género JJ+ ou QQ+, pelo que optei pelo CALL.

#3: Acho que a pior opção aqui é o call. Isto, porque imaginemos que fazemos call, o Hitchcock faz fold, o Nyx86 check e o flop vem Kxx, Axx, ou algo relativamente "wet" tipo 789 ou assim, que fazemos? É uma situação horrível, porque se optarmos pelo fold a seguir estamos all-in e passámos de um spot onde iamos ganhar o torneio pelo menos 50% das vezes, já que o Hitchcock ia estar all-in primeiro que nós e agora somos nós que vamos estar all-in primeiro. Pelo que o call penso ser a pior opção.

O fold é melhor, porque como disse temos garantidos ganhar 50% das vezes.

No entanto, penso que a melhor opção seja o ALLIN. o Nyx86 vai acabar por fazer fold tipo 5% das vezes ou algo do género (acontece, sim!) e QQ contra uma mão random tem cerca de 80% de equity.
Comparando ao nosso fold, em que o hitchcock vai ganhar o all-in cerca de 50% das vezes e ficar com 480 fichas metade das vezes com nós com 310 fichas a passar pela BB a seguir, parece-me melhor. Isto, porque temos uma pequena % em que vamos para as 730 fichas, uma enorme % em que vamos para as 840 fichas e em ambos os casos, o Hitchcock fica reduzido a 2 antes (80 fichas). Claro que se eu for allin e ele der call, fico super contente, porque ele vai ter que ganhar a duas mãos, sendo uma delas QQ e ainda vou ganhar quase sempre o sidepot.

#4: Lembram-se daquilo que eu estava a dizer sobre o AK antes? AKo, ganha tipo 2/3 das vezes contra uma mão aleatória. Portanto, se ignorarmos o caso em que o chip-leader é amigo do JuanchoR e decide não meter as 20 fichas que ficam a faltar para ir a jogo na próxima mão, vamos ganhar o torneio cerca de 50% das vezes na próxima mão!
Então, por um lado temos tipo 65% de hipóteses de passar às 540 fichas, deixando o adversário com 160 fichas e perdemos 35% das vezes. Por outro lado, ganhamos 50% das vezes na próxima mão e não ganhamos, ainda ficamos com 70 fichas (pagamos a ante) para continuar a luta...
FOLD!

Como podem ver, estes torneios funcionam um bocado na base do xadrez, do magic: the gathering, ou de muitos outros jogos de estratégia por turnos.
"O que faço se acontecer isto?"
"O que faço se acontecer aquilo?"
"O que se vai passar a seguir?"
etc etc etc

Em vez de estar só a meter os cálculos matemáticos como tinha feito nos posts anteriores, preferi desta vez explicar o meu raciocínio durante as mãos. Para o futuro, o que preferem?
------
Até ao final de Setembro se precisares de apoio profissional lê as instruções do "Ask the Pro"!
Venham também jogar comigo no meu HomeGame
Antes de comentarem no blog, por favor leiam o F.A.Q., que podem lá encontrar as respostas às perguntas que tiverem

Também pode gostar de

6 comentários

  1. Gostei mais deste post, e mais ligeiro para ler e percebe se melhor. Continua com estas analises que aprendemos alguma coisa ... de borla :D.

    Abraço GG

    ResponderEliminar
  2. Bom post, só um reparo, no 2º, 3º as imagens não estão trocadas?

    ResponderEliminar
  3. Diogo: fico contente por gostares, abraço :)

    Strac: Tinhas toda a razão, já corrigi. Obrigado!

    ResponderEliminar
  4. André gostei muito da explicação do teu raciocínio nas decisões tomadas.
    Pessoalmente prefiro assim.
    Obrigado.
    lmag.

    ResponderEliminar
  5. obrigado acoimbra
    estes postos teem
    sido uma boa ajuda pois custumo
    jogar tambem estes hyper mas claro em limites mais baixos.comecei a joga-los pk e vejo muito neles e entao decedi seguir te nessa aventura dos hypers e nesta face do bubble boy e fundamental saber jogar correctamente.

    mais uma vez obrigado por estes postos dos hypers

    grande abraço e boa sorte nas mesas

    ResponderEliminar
  6. Gostei bastante da tua analise André, obg por partilhares.
    Pessoalmente gosto da analise matemática, mas acho que consegues balancear sp bem o raciocinio com os calculos.
    Tenho só uma duvida na ultima mao (AK). O que é que shovavas nesta situação?
    Se percebi o queres dizer:

    Se foldarmos:
    - 50% das vezes vamos ser 100% favoritos p ganhar o ticket (pq ele perde)
    - 50% das vezes vamos ficar 8% favoritos (pq ele ganha)
    - Em media somos 54% favoritos p ganhar.

    Se shovarmos e ganharmos: (ficamos com 540 e o short esta all in)
    - 50% das vezes vamos ser 100% fav (pq ele perde)
    - 50% das vezes ficamos 29% fav pq ele dobra
    - Em media somos 65% fav p ganhar.

    A questao é qtas vezes precisamos de ganhar para sermos 54% fav (q era o q acontecia se foldassemos). Precisamos de ganhar 83% das vezes (83%*65%=54%)
    Isto quer dizer q deviamos foldar KK aqui?

    ResponderEliminar

Posts Populares