"daqueles dias, que não desejo a ninguém..."

quarta-feira, novembro 16, 2011

Ontem tive um daqueles dias, que não desejo a ninguém...
De manhã não aconteceu nada demais, estive a organizar aqui o meu espaço de trabalho e até correu bem.
O almoço estava bom, mas infelizmente, não consegui descansar um pouco depois de almoço, como tanto gosto.

Depois comecei a trabalhar e felizmente (ou não) estava a haver imenso tráfego e permitiu-me fazer um volume grande. Ao fim de uma hora ou duas, já estava com dor de cabeça e sentia-me ensonado, mas como não estava a condicionar grandemente o meu desempenho, continuei a jogar... Há que aproveitar o tráfego nos stakes mais altos!

Antes de continuar com a prosa, vou colocar aqui o gráfico de ontem, com os números todos
Linha Verde: resultado real
Linha Vermelha: resultado esperado dos allins
Linha Azul: resultado real + rakeback (benefícios de ser sne)

Eu não costumo meter os gráficos dos dias bons, visto não gostar de me gabar e preferir que todas as pessoas não saibam quanto ganho. Isto, pode dar a ideia que ando aí a "torrar dinheiro", visto só falar dos dias maus, mas não se preocupem comigo, que no mês passado por exemplo tive o meu melhor "hourly rate" de sempre num mês e também acontece o inverso destes dias negativos.

Voltando a ontem...
O que é que se passou para desenhar aquele gráfico?
Badbeats, coolers e algumas coisas que assumi em relação a 1 jogador ou 2, que estavam incorrectas.

Nada de extraordinário..., mas aquele downswing em 7 horas e meia de trabalho, afectou-me negativamente as costas..., acontece a mais alguém?

Eu sou daquelas pessoas, que lidam com o stress compensando com comida. Basicamente, sempre que tinha que estudar para um exame, ou algo corria mal, eu comia quantidades de comida exageradas, ou comida que não devia. A última onda, foi sempre que eu tinha um downswing, ligava para a telepizza e encomendava uma pizza para me sentir melhor. Funcionava... (pizzahut não curto, são muito gordurosas)

Ontem, por outro lado, em vez de fazer essa cena toda com a comida, fiquei-me pela dor de costas e comi umas filetes de pescada com salada ao jantar. Depois fui ver o chefe Ramsay na Sic Radical, ler um bocadinho ("blink") e deitei-me como se nada tivesse passado. 10 horas depois acordei fresquinho :)

Acho que ao não fazer as habituais asneiras alimentares, acabei por conseguir "ignorar" o downswing e foi melhor assim. Quando digo "ignorar" trata-se de não ficar psicologicamente afectado, mas ao mesmo tempo, pensar no que posso estar a fazer mal e tentar corrigir a situação.

Hoje já fui fazer uma massagem para corrigir o problema das costas e a vida continua!

Uma coisa que eu fazia quando jogava magic e que não via mais ninguém à minha volta fazer, era sempre que eu perdia um jogo importante, eu nas horas seguintes, fazia um replay mental do jogo a procurar spots onde pudesse ter feito uma jogada diferente e ganho a partida. Ainda me lembro de algumas partidas importantes que perdi, mas se me perguntarem como foram as partidas que ganhei, não me lembro, porque não pensei muito nelas depois de jogar.

No Poker, ainda hoje em dia faço o mesmo, sempre que tenho uma jogada em que algo que eu deva tomar atenção acontece, se eu ganhar a jogada, passa-me ao lado muitas vezes, mas se eu perder, fica na cabeça e depois penso no assunto.

Ontem, como foi daqueles dias, em que foi só perder perder perder, apercebi-me de vários aspectos em que posso trabalhar para avançar o meu jogo para o próximo nível e aumentar assim os meus rendimentos!

Ah..., ontem ganhei 29k VPPs, na próxma terça-feira se não acontecer nenhum imprevisto, chego à próxima milestone, 1.5M VPPs :)

Se gostaram do post, deixem um comentário ou um feedback positivo em baixo por favor. Se não gostaram e preferem que não volte a falar dos dias maus, deixem um feedback negativo em baixo por favor.
------
Venham também jogar comigo no meu HomeGame
Antes de comentarem no blog, por favor leiam o F.A.Q., que podem lá encontrar as respostas às perguntas que tiverem

Também pode gostar de

12 comentários

  1. Pensava ser o único que se vingava na comida lolol

    ResponderEliminar
  2. Gostei do post, por lidares com as diversas eventualidades do poker.

    Não tenhas nenhuma recaída com a comida! Boa sorte na recuperação.

    ResponderEliminar
  3. Olá André, deixei-te um comentário no facebook. Até a mim me tava a doer, nada batia certo.
    Vou partilhar uma situação que se passou comigo numa fase má da vida, em que a minha cabeça só me mostrava tudo negro...ouve alguém que me disse..imagina um dia teu, estás com pessoas agradáveis, sentes boas emoções, um dia de sol..mas ao fim da noite ao sair de um bar te partem o vidro do carro, se me perguntarem como foi o meu dia, eu vou responder que foi muito mau, lixaram-me o vidro do carro, no entanto foi só uma situação do dia, o nosso cérebro tem tendência para registar as coisas menos boas.
    Penso que a maturidade emocional está relacionado com inverter esta tendência...coisa que não consigo fazer em relação ao poker....lol.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  4. Gosto especialmente deste tipo de posts da tua parte, onde divagas mais pela questão psicológica do teu dia-a-dia, bem como a forma como depois lidas tanto com os bons como com os maus momentos.

    Acaba por ser muito enriquecedor para todos nós, que continues a partilhar este tipo de experiências e sentimentos, pelo que só peço que continues, e publiques mais posts dentro desta temática...

    Grande abraço e continua o bom trabalho!

    ResponderEliminar
  5. André

    Gostei muito do post, é muito mais fácil falar do que está a correr bem, mas tu está sempre um passo á frente.

    Olha eu vingo-me nos rebuçados, infelizmente este mês já "tive" que comprar dois pacotes, mas ver se consigo chegar ao fim do mês sem mais nenhuma compra.

    Um Abraço e boas cartas

    ResponderEliminar
  6. Bom dia André!

    Acho óptimo que postes também estes maus momentos, mas espero, sinceramente, que tenhas poucos para o fazer.
    Dá também mais um bocado a ideia do que ser jogador de poker... tem que se saber lidar com uma "montanha russa" de sentimentos, e é preciso uma pessoa muito forte para lidar com isto.


    Forte abraço

    ResponderEliminar
  7. Mais uma vez brilhante!... confesso que se torna cansativo divagar por vários blogs de poker como eu faço e onde a maioria ganha ganha ganha o que me faz pensar, quem anda a perder dinheiro no Poker para outros ganhar?.
    É óbvio que no teu caso trata-se de um revés pois sendo tu profissional compensas com outros dias melhores.
    é importante este tipo de posts para também nos ajudar a manter os pés no chão...
    Força aí Coimbra!!

    ResponderEliminar
  8. muito bom post.

    abraço e gl para as próximas sessões

    ResponderEliminar
  9. Olá André, sempre que as coisas não me correm bem, vou treinar. O ginásio é a melhor "comida" que o nosso corpo e cerebro pode receber quando estamos em baixo. Assim que termino um treino de musculação sinto-me extremamente bem, imbativel e pronto para a luta!
    Abraço!

    ResponderEliminar
  10. André,acompanhei um pouco do teu desempenho, e não estava a acreditar no que estava a acontecer,só me apetecia colocar-te em sitting out,mas como se costuma dizer UM DIA DA CAÇA OUTRO DO CAÇADOR.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  11. Boas André!

    Posso-te perguntar se conheces e recomendas alguém para coaching em hyperturbos 6max satelites, tais como os que jogas?

    Obrigado e abraço

    ResponderEliminar