Balanço de 2012



Objectivos 2012


  1. Ganhar o máximo dinheiro possível a jogar Poker

  2. Atingir 2 000 000 VPPs (2x Supernova Elite)

  3. Chegar aos 15% ou menos de Massa Gorda

  4. Encontrar investimentos com ROI de 2 dígitos


1) Ganhar o máximo dinheiro possível a jogar Poker

O ano começou mais ou menos, sem resultados muito expressivos, mas positivo. Depois em Maio, houve sit-n-gos de $800 e começaram a correr mal. Nessa altura, eu decidi continuar a jogar esses, porque mesmo que tivesse um downswing grande, ia ter a banca para descer para os $357s e "recomeçar" daí.



O downswing continuou e numa questão de dias cheguei ao meu "stop-loss" e como tinha planeado parei de jogar os sits mais caros.

Estava a perder cerca de $50K no ano, sem grande energia emocional e algo desmotivado para continuar a jogar hyper-turbos.

2) Atingir 2 000 000 VPPs (2x Supernova Elite)



Em Maio atingi 1M VPPs, o que é bastante bom em relação ao objectivo dos 2M VPPs no ano.

No entanto, não me senti com motivação para continuar a jogar os hyper-turbos e era complicado aprender um formato novo em tempo útil para ganhar 1M VPPs em 7 meses com lucro, pelo que desisti aí deste objectivo.

Nesta altura comecei a questionar-me se queria continuar a jogar Poker...

É difícil deixar algo relativamente certo como o Poker é para mim, já que consigo de certeza ganhar um salário razoável a jogar mid-stakes. No entanto, eu tenho 26 anos, sou inteligente, esperto, dedicado e tenho algumas poupanças e investimentos que me suportam as despesas durante algum tempo. Porque não tentar outra coisa diferente e se não resultar, simplesmente voltar a jogar Poker?

Como podem ver, foi uma altura em que tive que tomar algumas decisões sobre a minha vida e nem sempre é fácil falar sobre o assunto, daí ter esperado até agora para vos contar isto.

Para além da minha habilidade para jogar Poker, outra razão para continuar, é a minha ligação com a PokerStars, já que sou patrocinado por eles há já alguns anos. Então, antes de decidir o que quer eu fosse, falei com o manager da Team Online sobre o assunto.



Ele disse que eles estavam bastante satisfeitos com o meu trabalho e que achavam que eu tinha potencial para uma exposição mais internacional. Pelo que discutimos a melhor forma de alcançar a tal exposição pretendida. Concordámos que a melhor forma, seria produzir mais conteúdo audiovisual e jogar um formato mais "media-friendly": MTTs. No entanto, deixou claro que se eu quisesse continuar a jogar sngs e a fazer o que tenho feito, que podia continuar na equipa.

É muito bom ter pessoas a apreciarem o meu trabalho e a quererem trabalhar comigo!

3) Chegar aos 15% ou menos de Massa Gorda



Como podem ver, acabei o ano sensivelmente como comecei, com 24%.

Este era o objectivo que eu acho que mais queria cumprir este ano, porque é um objectivo que se torna mais difícil à medida que se envelhece, mas houve bastantes coisas que correram mal!

A 1ª coisa foi o downswing afectar-me emocionalmente e eu compensar na comida, chegando aos 27% de massa gorda. A 2ª coisa que correu mal, é a quantidade de vezes por ano que há algum tipo de celebração e acabo por comer coisas que não devo, ou que algum familiar trás uns "inofensivos" biscoitos/bolinhos que acabo por comer para não os deitar para o lixo.

A nível de exercício ao longo do ano eu até tenho treinado regularmente e ido correr.Só nas últimas semanas é que não tenho ido correr, porque me magoei nos pés e quero ir ao médico ver o que se passa antes de continuar

4) Encontrar investimentos com ROI de 2 dígitos

Como devem imaginar, não tive muito capital extra para investir este ano, pelo que acabou por não ser uma preocupação este objectivo.

Conclusão dos objectivos

Não consegui alcançar nenhum dos objectivos a que me propus!

Mas, nem tudo foi mau...

Coaching

A partir de Junho gastei uma parte razoável do ano a dar coaching à Katerina e os resultados dela foram simplesmente espectaculares!



Ao inicio eu fazia o horário dela e dizia-lhe que jogos jogar, mas aos poucos fui dando a ela mais margem de manobra e agora é bastante independente no que toca ao Poker!

Acho que desde que ela começou a jogar a tempo inteiro nos entendemos melhor e é fantástico podermos falar sobre trabalho sem aborrecermos o outro!

No próximo ano não lhe vou poder continuar a dar coaching, já que vou estar bastante ocupado com o meu próximo desafio. No entanto, acho que no futuro vou dar coaching e ajudar outros jogadores, porque é uma experiência bastante interessante que quero explorar mais.

Para além do coaching, também tenho estado a trabalhar num livro sobre Poker em português nos últimos meses. Ainda não está terminado, mas quando tiver mais novidades eu conto-vos!

Desafios

O desafio do micro-millions foi bastante diferente, visto que nunca tinha feito um vblog regular e deu para experimentar algumas coisas interessantes e aprender no processo.

Claro que em termos de desafio, era mais ver se eu conseguia jogar os torneios sem dormir grande coisa e ao mesmo tempo produzir conteúdo, o que não é algo que seja muito apelativo para a maior parte das pessoas. Não no sentido de não criar alguma curiosidade, mas não é algo que as pessoas queiram de certa forma copiar e recriar para ela próprias.

O próximo desafio, vai ser muito muito mais apelativo em termo de objectivos!

Media

Este vídeo teve como objectivos promover a app da PokerStars de uma forma engraçada e diferente.

Não foi "viral", mas tive algum feedback positivo e todo o processo de criação e gravação foi divertido!

Despesas

Em 2012 também cortei substancialmente nas minhas despesas fixas, de modo a ter mais opções para 2013. É que quanto maiores são as minhas despesas fixas, mais sou um escravo do trabalho e mais tenho que fazer coisas que não gosto a nível profissional.

Acho que a verdadeira liberdade hoje em dia começa por descobrirmos o que é que realmente precisamos!

Conclusão

2012 foi um ano interessante cheio de altos e baixos.

  • Não consegui cumprir nenhum dos objectivos que tinha definido, mas houve bastantes coisas que correram bem.

  • Acabei o ano com menos dinheiro do que comecei, no entanto não sinto que tenha acabado mais pobre.


2013 e o Futuro

Daqui para a frente, não quero ter como objectivo de vida "acumular o máximo de dinheiro por unidade de tempo".

Quero entrar em projectos que agora e no futuro paguem as minhas despesas regulares e me permitam ajudar outras pessoas. Projectos que sejam estimulantes e apelativos para mim, onde possa aprender e evoluir.

Algumas pessoas perguntaram-me sobre o Magic...Este ano joguei qualquer coisa a nível local, mas é tudo muito muito casual. No próximo ano definitivamente não vou jogar mais a sério e em 2014 não sei como vai ser. Eu honestamente gosto muito do jogo e gosto de jogar competitivamente, mas..., ao mesmo tempo, depois de ter sido campeão do mundo, não há nenhum torneio que queira muito ganhar, ou pelo menos o suficiente para justificar o tempo necessário.

Em relação ao Poker, quero aprender a jogar MTTs e tornar-me competitivo o suficiente para ter uma hipótese de ganhar alguns torneios e troféus. Vai ser um caminho difícil, mas o meu próximo ano vai ser só dedicado a MTTs e num ano de trabalho a sério dá para evoluir muito!

O meu vídeo da Team Online vai sair nos próximos dias e pouco depois vai sair o vídeo do próximo desafio.

Entretanto vou às Bahamas para a reunião da Team Online. Quando voltar conto-vos como correu e logo a seguir começo o meu desafio nas mesas de torneios da PokerStars!

Até lá, boas entradas em 2013!

PS: Não tenho nos planos jogar torneios ao vivo em 2013, porque acredito sinceramente que o processo de aprendizagem online seja substancialmente mais rápido!

Criticas e Novidades para 2013

Open

Acabei no inicio da semana de ler a autobiografia do Andre Agassi ("Open") e acho que foi dos livros que mais gostei de ler até hoje.



Ele fala daquilo que se lembra da sua vida desde que se... lembra. Nos altos e baixos, objectivos, desafios e frustrações. Eu não entendo nada de ténis, nem sei os termos técnicos das jogadas, mas sempre que parava de ler era porque tinha algo para fazer, ou já estava com sono para dormir, porque senão não parava, já que queria saber o que se ia passar a seguir!

Acho que o meu tipo favorito de livros são biografias de pessoas bem sucedidas, porque ao ver os problemas e desafios que levaram às grandes conquistas, acabo por me sentir "menos sozinho" na aventura cheia de mistérios que a vida é.

O Hobbit

Na semana passada fui com a Katerina ao cinema ver "O Hobbit: Uma Viagem Inesperada" e esperava um filme grande, já que é de 170 minutos, mas não sabia que o filme não acabava ali.



O filme está muito bom realizado e é uma experiência visual muito interessante, mas estamos a pagar para ir ao cinema ver fragmentos de uma história que nos mandam uma vez por ano? 3 anos seguidos?

Eu saí do cinema com a sensação "isto acaba assim? Não se passou quase nada!"

Acho que está na moda dividir os livros em 2-3 filmes...

Lá para 2014 ou 2015 quando sair um pacote com os 6 filmes, acho que vou gostar de tirar um dia para ver tudo seguido, até lá é ir sofrendo um bocadinho por ano...

Trabalho

O actual plano a nível de trabalho, vai ser


  • Lançar o meu vídeo da Team Online  (gravado em 2011) no inicio de Janeiro,

  • Gravar antes de ir para as Bahamas o vídeo de lançamento do meu próximo desafio (semelhante ao que fiz para o desafio do Micro-Millions) e lançá-lo logo a seguir ao da Team Online.

  • Por volta de dia 15 de Janeiro começar o meu desafio e a jogar regularmente até ao final do ano.


Nas Bahamas não vou jogar o PCA. Vou só à reunião da Team Online e aproveito também o sol e a agua no tempo livre :)


Não posso ainda adiantar muitos detalhes sobre o meu próximo desafio, mas posso dizer-vos que em 2013:

  • Não vou renovar o estatuto de Supernova Elite

  • Não vou jogar torneios de uma só mesa (STT).

  • Vou-me dedicar inteiramente a jogar torneios de várias mesas (MTTs).

  • Embora tenha 4.7M VPPs lifetime, não penso alcançar o VIP HOF (em 2013).

Nova contratação da PokerStars!

Depois da PokerStars contratar Isaac Haxton para a Team Online, decidiu contratar mais 1 especialista nos stakes mais altos dos cash-games.

Estou a falar de Mysters_Y, que tem dado cartas nos high-stakes.

No entanto, para surpresa de muitos jogadores, Mysters_Y não é um especialista em cash-games, mas sim, uma especialista!



Sim, esta Russa loura de olhos azuis é das melhores jogadoras de cash-games do mundo!

E não foi eu que disse isto, foi um dos maiores especialistas em cash-games em Portugal!



Parabéns à PokerStars e à Tatiana ‘Mysters_Y’ Barausova!

 

Motivação

Lembro-me de não gostar lá muito das aulas na escola até ao 9º ano, porque nunca vi grande utilidade para aquilo que lá se aprendia. Acabava por ser uma obrigação e normalmente os professores diziam que eu tinha potencial para mais, só que era preguiçoso...

A Katerina há uns meses que sobre a minha orientação está a aprender e a jogar Poker. O plano era ela no período de um ano aprender o suficiente para conseguir ganhar um salário bom por ela própria no ano seguinte e ao mesmo tempo construir uma banca.

Eu achava que era possível ela fazer Supernova ainda este ano e algo mais no próximo ano, mas para ela sempre foi difícil de acreditar, já que nunca ficou propriamente no ritmo necessário para fazer os pontos de forma regular e constante.

Quando cheguei ao 10º as aulas já eram mais práticas e mesmo as mais teóricas como de Filosofia, eram mais interessantes, o que me motivava bastante. Deixei de ser rotulado de "um aluno preguiçoso que tinha capacidade para mais", para passar a ser um aluno motivado que muitas vezes servia de exemplo.

A Katerina ao longo do ano foi estudando e fazia as horas como qualquer pessoa com um horário de trabalho. Mas, este mês ela mudou.

Faltavam-lhe cerca de 45k VPPs para chegar a SuperNova. Ela no 1º dia de trabalho fez cerca de 2.5k VPPs. No 2º dia cerca de 3k VPPs e no dia seguinte... acordou cheia de vontade de ir para o escritório trabalhar horas extras se necessário. Passou a ver como é que o trabalho dela ia trazer algo de valor!

Era o sol que faltava à minha flor. (É a minha namorada, posso ser um bocadinho "cheesy" :P)



Fiquei extremamente contente pela Katerina e fiquei a pensar...

Quantas pessoas é que ainda não encontraram o sol delas? Uma motivação para trabalhar por algo que realmente valha a pena?

Se calhar é isso que está a fazer falta a muito boa gente..., um pouco de motivação, de acreditar que vale a pena lutar por algo.

Magic, coaching e cenas

Nos últimos dois meses dividi o meu tempo pelo coaching com a Katerina, exercício físico, magic e alguns projectos relacionados com trabalho.

GP Lisboa (Magic The Gathering)

Na semana passada houve um torneio de magic aberto e internacional em Lisboa, sendo que o último do género tinha sido em 2005.

Eu e a Katerina decidimos jogar e como tal, quisemos praticar um pouco antes do torneio para não ir para lá sem saber o que se passava. Então, nos nossos dias livres dos últimos dois meses andámos a jogar os torneios que havia em Lisboa e arredores e chegámos a fazer alguns em nossa casa também, quando não havia nas lojas mais perto. Tive resultados bastante bons nesses torneios pequenos, mas a verdade é que mesmo assim não cheguei perto do nível de jogo que tinha em... 2006 ou 2007, altura em que jogava uma boa parte do circuito internacional.

Depois no torneio propriamente dito, o meu resultado foi 6-2-1 (6 vitórias, 2 derrotas e um empate) no 1º dia, mas era preciso 7-2 ou melhor para passar ao 2º dia (quase!). Nestes torneios, pode-se ter até 3 byes no 1º dia consoante os pontos que a pessoa tem, mas eu nem para 1 bye tinha pontos, já que já não jogava torneios grandes desde 2010, o que torna o chegar ao 2º dia substancialmente mais difícil do que alguém com 3 byes.

A melhor parte do torneio foi a parte extra-torneio, já que tivemos alguns amigos a passar uns dias em nossa casa e foi espectacular para meter a conversa em dia e passar tempo com pessoas que partilham alguns dos nossos interesses/gostos!

Para terminar o Magic..., já mais do que uma pessoa me perguntou no se estou a pensar jogar os próximos GPs pela Europa...

A resposta é não, porque  eu no próximo ano vou ter muito pouco tempo livre, já que vou fazer um desafio bastante difícil no Poker. No entanto, ainda não tenho planos para 2014, portanto não descarto essa possibilidade para 2014 :)

Ficam aqui umas fotografias:



















Coaching

Foi um mês muito interessante de Coaching com a Katerina, cheio de altos e baixos.

Começando pelos baixos..., acho que é mais difícil dar coaching à Katerina do que jogar. Isto, porque quando eu jogo e as coisas correm mal, eu tenho mais controlo sobre a situação, já que sei exactamente o que se passou e posso fazer horas extras até melhorar. Quando se trata de coaching, eu sinto-me mal à mesma, mas sinto-me algo impotente, já que é ela que tem que jogar/estudar e não a posso obrigar a trabalhar mais, muito menos quando está a perder e está em baixo emocionalmente!

Lembro-me de um dia em que estava-lhe a correr tão mal, que a levei a jantar fora para a animar um bocadinho, de modo a ganhar alguma vontade de trabalhar no jogo dela e voltar à luta.

Acho que para mim a parte técnica do papel de mentor não é a mais difícil, mas sim a parte psicológica.

A nível técnico, decidi mudar a minha estratégia de coaching!

Antes a Katerina gravava as sessões dela (screencast-o-matic) para mais tarde vermos as gravações  juntos. Depois parava nas mãos que achava interessantes, ou que achasse que ela tenha jogado mal para analisarmos e discutirmos as mesmas.

O problema deste método, é que se desperdiça muito o tempo dela, já que na maior parte do tempo ela está à espera que apareça uma mão em que valha a pena parar o vídeo para analisar.

O que decidi fazer, foi começar a rever as gravações dela sozinho e escrever um documento com a análise das principais mãos

Exemplo de uma mão:



Temos usado o ICMIZER para a maior parte dos cálculos de ICM e tem a vantagem de poder gravar um determinado resultado online e ficar com o link para partilhar. Então, como podem ver na imagem de cima, a Katerina fica com o link dos cálculos e já não tem que meter os dados na calculadora para fazer os cálculos, é só carregar no link!

Este método também tem a vantagem de ela poder rever os meus ficheiros quantas vezes quiser e quando quiser. O que acho que vai ser bom a longo prazo, já que durante um downswing pode rever toda a informação do coaching.

A nível de resultados, tem tido vários altos e baixos e tem jogado entre $18s e $74s. Está com cerca de 55K VPPs, pelo que não é de todo impossível fazer Supernova este ano, mas lá que vai ser difícil vai!

Podem acompanhar o progresso dela em http://fromzerotopoker.blogspot.pt/

Cenas

Como devem ter visto pelas fotografias do Magic, comi algumas coisas que não fazem parte da minha dieta na última semana... e também não tive grande possibilidade de treinar, já que tinha cerca de 8 pessoas a dormir lá em casa.

A verdade é que ao fim de alguns dias a comer "fast-food", já estava farto e queria era comer uma comidinha mais saudável. Também já estava com algumas dores nas costas de estar tantas horas sentado para jogar Magic em cadeiras desconfortáveis!

Ontem recomecei a treinar e já estou de volta à dieta com vontade reforçada!



Ultimamente deixei de comprar legumes frescos, a menos que tenha convidados.

Os congelados não têm o mesmo sabor mas são igualmente bons a nível nutricional.

As grandes vantagens são a comodidade e longevidade, já que não os tenho que cortar e não os tenho que deitar para o lixo ao fim de uma semana ou duas.

Na refeição da foto, os legumes e o bacalhau eram congelados e só a batata é que era "fresca".

Demorei uns 5 minutos na cozinha a preparar (mais uma meia hora a cozer), soube-me bem e ficou por cerca de €3 em casa. O que é que se quer mais? :)

PS: Eu sei que não tenho jogado muito Poker, mas a partir de Janeiro eu compenso!