$100K Dia 31

Ontem estive a rever o material que o Andrew Brokos me tinha enviado para estudar antes da sessão de coaching.

Profitable Situations
Your Opponent's Arsenal Part 1
Float On
Calling For Information

Já tinha lido tudo uma semana antes, mas acabei por não aplicar a maior parte dos conceitos no meu jogo, porque tenho jogado demasiado mesas ao mesmo tempo e acabo por jogar de forma robótica na maior parte das situações.

Depois tive duas horas de coaching sobre o que fazer em situações em que há um raise antes de jogarmos.

Uma coisa que eu faço mal é não fazer bluffs suficientes... Eu só faço bluff quando tenho muito muito boas razões para o fazer e o correcto é fazê-lo como uma parte integra do nosso jogo.

Isto não quer dizer que comece a fazer bluffs a torto e a direito, mas tenho que escolher mais situações para o fazer, de modo a equilibrar o meu jogo melhor.

Outra coisa que faço mal é estar constantemente a tentar acabar a mão o mais cedo possível. Eu ainda tenho uma auto-confiança muito baixa no que toca ao meu pós-flop e tenho que jogar mais situações onde me sinta desconfortável e estudá-las para melhorar e ganhar mais confiança.

O plano vai ser estudar o material que aqui tenho, que incluiu os artigos que eu mencionei em cima, algumas notas do coaching e livros de apoio.

Vou portanto reduzir o número de mesas que jogo em simultâneo para até 9 mesas e tentar aplicar os conceitos que estou a aprender.

Se me virem a fazer jogadas estranhas nas mesas já sabem o que é que se passa! :P

Livros

Já que mencionei os livros de apoio e muito frequentemente me perguntam sobre livros, vou falar um bocadinho sobre o assunto aqui!

Actualmente estou a ler (tipo do inicio até ao fim) o "The Raiser's Edge" e o "UnMarketing".

Depois como material de apoio para estudo estou a usar:


Nestes de material de apoio o que faço é desfolho o índice quando estou a estudar um determinado tema e vejo se existe algum capitulo sobre o tema em questão.

Vídeos

Para esta semana já gravei uma sessão de hora e meia a jogar torneios de 90 jogadores de $1, que vou dividir em 3 episódios, mas relativamente aos próximos vídeos..

Não se se têm acompanhado as votações na minha página do facebook, mas eu tenho colocado votações sobre que tipo de conteúdo os meus leitores querem para os vídeos.

A maioria das pessoas pediu para ter episódios de 30 minutos em vez de ter um vídeo de por exemplo hora e meia. O que eu vou começar a fazer, é gravar uma sessão de umas 8 horas e depois dividi-la em vídeos de 30 minutos diários.

Uma das razões para gravar sessões tão grandes, é que pediram-me para jogar torneios de 180 jogadores e se eu só gravar 2 horas, é perfeitamente possível eu não chegar a mesas finais, pelo que fica algo "incompleto" o vídeo e não é tão interessante nem do ponto de vista lúdico nem do educacional.

WBCOOP



Eu sei que algumas pessoas estão a fazer desafios semelhantes ao meu e a escrever blogs sobre o assunto. Se for o caso ou simplesmente tiverem um blog, não percam o WBCOOP!

É uma excelente forma de crescerem as bancas, já que são torneios gratuitos com uns prémios muito interessantes!
Para além dos prémios dos torneios, há os prémios para os melhores bloggers, sendo o primeiro prémio T$5000!!!

O Dale Philip ganhou em 2006 o main event do WBCOOP, em 2010 foi o melhor blogger e eventualmente chegou à Team Online!

Como podem ver, estamos a falar de bons prémios nos torneios, bons prémios para bloggers e tudo isto... GRÁTIS!

$100K Vlog #6 (Em Inglês)

Sessão completa de 45 Jogadores $0.5 em Inglês

Para quem não viu ainda, já estão disponíveis todos os episódios da sessão de 45 jogadores $0.5 em Inglês!













Para além deste vídeo, publiquei há uns dias atrás um episódio de hora e meia em Português e coloquei hoje o primeiro episódio em Inglês de torneios de 180 jogadores.

Se quiserem ser informados automaticamente quando saem os novos vídeos, recomendo que subscrevam o meu canal no youtube!

$100K Dia 30

No Domingo não consegui dormir o suficiente durante a noite e comecei a minha sessão algo condicionado.

Eu estava com vontade de jogar, mas não estava a gostar de jogar. Já passaram por isso?



Acho que quando tenho o sono em dia, a vida em geral é mais agradável e falhei um bocado nesta última semana por jogar demasiadas horas e não descansar o suficiente. Acho que quis compensar um bocado a semana anterior onde não tinha jogado o suficiente.

A maior parte da sessão foi a perder, o que é normal em MTTs, mas depois cheguei à mesa final de um $3+r e ainda deu para acabar o dia bastante positivo.



Gostei bastante da forma como joguei até à mesa final, mas depois na parte final a falta de descanso da noite anterior já deu sinais de vida e acabei por não considerar algumas variáveis importantes em decisões criticas e fiz alguns erros.

Isto não pode acontecer, porque estas oportunidades são relativamente raras e é importante tirar o máximo proveito delas!

Clube VIP

Também consegui atingir o estatuto de GoldStar!



Assim de forma genérica os benefícios passam por ganhar mais FPPs e tenho acesso ao freeroll mensal de $100k que penso que deu $15k ao vencedor em Fevereiro!

Uma pergunta que tem aparecido é como eu tenho usado os meus FPPs!

Para além de usar 100FPPs semanalmente no freeroll dos silverstar (super ev+!) tenho também comprado tickets para torneios!



700 FPPs para jogar o Sunday Storm equivale a um rácio de  $0.157/FPP, o que está muito perto do rácio dos bónus para supernova+ de $0.16/FPP.

Gestão de Banca



$6.8K não é o mais alto que já tive neste desafio, mas vou gerir um pouco diferente de como geri a banca de $7.3k nas semanas anteriores.

Acho que a minha gestão de banca foi bastante boa até chegar à parte dos torneios de calendário, mas depois perdi-me um bocado com a oferta de torneios que há na pokerstars.

Com $6k, quero jogar torneios de $5 com fields enormes, torneios de $20 com fields médios ou torneios de $60 com fields mínimos?

Eu acho que não há uma resposta certa e depende de pessoa para pessoa. Provavelmente alguém que jogue menos mesas ao mesmo tempo vai querer jogar os limites mais altos, já que vai conseguir estar com atenção a mais coisas e explorar situações que alguém que jogue mais mesas não consiga.

Alguém que jogue várias mesas ao mesmo tempo vai ter a situação contrária.

Que fazer?

Eu ainda não tenho uma boa resposta para isto, mas vou-vos dizer qual vai ser o meu plano para a próxima semana.

Vou continuar a jogar os torneios de rebuys pequeninos e começar logo com um rebuy, fazer duplo rebuy quando perco e sempre add-on. Eu acho que estes torneios são muito rentáveis e provavelmente o custo deles andará em 4-5 buy-ins em média para mim actualmente, ou seja um torneio de $3 acaba por ser um torneio de $12-$15 mas com um field muito mais soft e cheio de disparates na parte dos rebuys.

Também vou jogar aqueles torneios que têm 1-2 rebuys e add-on. Aí a minha estratégia vai depender, se for de $5, vou fazer rebuy e add-on para jogar como se fosse um torneio de $15. Mas, se for de $20, só faço rebuy se perder e o add-on só se o preço das fichas for melhor do que o preço das fichas inicial.~

Acho que nestes torneios podemos +- escolher com que tipo de buy-in queremos jogar até um certo ponto e eu gosto dessa flexibilidade. Para além de que as pessoas jogam muito muito pior enquanto podem fazer rebuys e isso torna esses torneios muito mais interessantes do que os normais.

Para além dos torneios de rebuys, vou tentar jogar alguns fields mais pequenos onde eu tenha 200 buy-ins ou mais. Sim, os jogadores nos torneios de $30 já vão ter decentes/bons, mas..., existem razões para não estarem a jogar torneios de $100+ e eu pretendo descobrir quais são essas razões e explorá-las!

Depois em relação aos torneios especiais, vou cortar nos Hots, no sentido em que não os vou jogar com 100 buy-ins, mas sim com 200+. Isto, porque são torneios em que a variância é grande e não quero submeter uma parte "tão grande" da minha banca a esse tipo de variância.

Relativamente aos outros especiais mais lentos, vou manter a regra de ter pelo menos 100 buy-ins e continuar a apostar em força nesses.

A excepção a estas regras de gestão de banca como já tinha dito vai ser o Sunday Million especial dos 7 anos. Acho que a relação oportunidade/custo é demasiado boa para deixar passar e nesta altura se perder $215 uma vez, não vai afectar o tipo de jogos que posso jogar no futuro imediato.

7º Aniversário do Sunday Million

E se ainda não tiverem conta na PokerStars ou conhecerem alguém que não tenha, é só para vos lembrar que no próximo Domingo vão haver os freerolls da Team Online!

$100K Dia 29

Hoje joguei cerca de 11 horas, mas infelizmente era daqueles dias em que parecia que estava pré-destinado para correr tudo mal!

Nos dois torneios em que cheguei mais longe, perdi desta forma:

http://www.boomplayer.com/poker-hands/Boom/2209390_7D9BD0E1C5

http://www.boomplayer.com/poker-hands/Boom/2210727_42FC6722EE

É muito desgastante jogar tantas horas e estar constantemente a perder!



O lado positivo, é que tenho experimentado algumas coisas diferentes no meu jogo e tem dado para ver o que funciona e o que não funciona e algumas têm funcionado bastante bem!

Também fiz umas mudanças no meu HUD e está a ficar muito mais útil! Ainda estou a acertar alguns detalhes finais, mas num dos próximos posts eu coloco aqui um printscreen!

Para amanhã vou manter a mesma gestão de banca, tentar jogar o melhor que sei e esperar que corra bem. No fundo é tudo o que se pode fazer e se não correr bem..., jogo mais baixo e estudo mais!

Entretanto, para quem estava a precisar de um empurrãozinho para ganhar nos limites mais baixos, já está online um vídeo de uma hora e meia onde eu partilho a minha estratégia para bater esses limites!



Se gostarem, subscrevam por favor!

$100K Dia 28

Ontem o dia correu mal e não houve grandes resultados.



Mão do dia

Tal como anteontem, vou ter aqui uma mão que acho que é interessante.

AK vs limp

Pré-flop já podemos assumir que o jogador não é muito bom, porque os bons jogadores não fazem open limp do botão tão deep.

O raise foi fundamentalmente para aumentar o tamanho do pot para extrair valor de mãos que estão dominadas.

No flop quando aposto o meu range é AQ+ JJ+ e ele dá-me só call, o que não nos diz muito sobre a mão dele.

No turn eu estou à frente dos draws e atrás dos pares. Apostando penso que não o faço fazer fold a Qx, mas a maior parte das pessoas solta Jx ali e pares mais pequenos.

Portanto, a ideia é fazer ele manter as mãos que estão dominadas (os draws) e fazer fold de algumas das mãos que estão à minha frente (Jx e 22-TT).

Quando chegamos ao river o range dele penso que será Qx, draws e dois pares/sets. Mas é bem possível que ele com dois pares ou melhor já tivesse apostado antes, pelo que desconto um bocado essa parte do range.

Aqui já não tem sentido apostar, que ele se tinha um draw ele faz fold e eu tinha a melhor mão de qualquer forma. Se ele tiver um Q é bem possível que pague e as mãos melhores pagam de qualquer forma.

Então decidi fazer check.

Eu acho que ele faz na maior parte das vezes check behind com Qx, pelo que o que sobra são draws que falharam e monstros que ele não tivesse apostado antes.

Como eu desconto um bocado os monstros e há mais combinações de draws que falharam do que monstros, decidi dar call.

 

Video de estratégia em Português #1

$100K Dia 27

Gestão de Banca

Ontem por razões pessoais só tinha 4 horas para jogar, então só abri sit-n-gos de 180 jogadores de $15.

Fiquei bastante impressionado com a mudança do nível comparativamente com os low-stakes e ainda mais impressionado por jogar com jogadores que já não jogava desde 2008 ou 2009!

Infelizmente acabei a perder, mas numa sessão de 4 horas é mais normal perder do que ganhar, devido aos prémios estarem tão concentrados nos primeiros lugares.



Jogada do dia

A jogada se calhar até foi horrível, mas acho que foi a mais interessante do dia e vou deixar aqui a minha explicação de qualquer forma.

AA vs jogador loose

O jogador número 5 era super loose (VPIP>50%) e tinha uma agressividade muito muito alta pós-flop.

Eu fiz check no flop, por algumas razões.

Aquele flop acerta muito mais o range dos jogadores que me dão call, do que o meu e eu vou fazer check ali sempre que falho. Então, acho que é aceitável fazer check também quando tenho overpair ali, de modo a induzir alguma acção do jogador loose.

Depois achei também que o jogador número 5 ia apostar todos os flush-draws e straight draws (gutshots incluídos), para além de pares e talvez alguns bluffs puros se achasse que a mão não tinha como ganhar.

No turn eu gosto da minha mão, porque acho que o jogador na SB muitas vezes tinha apostado no flop com T9 "para saber onde estava e proteger a mão..." e 79 é menos improvável de qualquer forma. E mesmo que não o tivesse feito, provavelmente tinha apostado no turn para começar a construir um pot e cobrar os draws. Relativamente ao player 5, continuo com a minha read do flop.

Quando o 8 de copas aparece no river, a minha mão deixa de ter valor para apostar e transforma-se num "bluff catcher".

Como eu achava que o jogador era super agressivo, não tinha quase nunca Jx ali ou flushes porque tinha apostado esse tipo de mãos no flop e ia fazer check behind com dois pares, decidi fazer check com intenção de dar call a um all-in.

Que vos parece a jogada com a minha explicação?

PS: Não se pode fazer fold a AA quando se tem o A de espadas, pois não? :P

$100K Dia 26

Ontem tinha algum material para estudar que o Andrew Brokos me deu para preparar a próxima sessão de coaching.


Para ver o vídeo é possível que tenham que criar conta no site, mas o resto do material é gratuito e de livre acesso.

Depois de ler este conteúdo, percebi que tinha que acrescentar algumas estatísticas ao meu HUD e mudar algumas de sítio. Fiquei muito fã de ter o "%Steal" logo a seguir ao "PFR"!

Nos próximos dias vou mudar o meu HUD e quando eu tiver algo mais definitivo, eu digo-vos como ficou.

Também queria começar a estudar um pouco mais a fundo o jogo das 20 Big Blinds ou menos.

É algo que eu ainda não tinha pegado muito desde o inicio do desafio e que com o que me lembrava do push/fold dos hyper-turbos mais um pouco de soluções de equilibrium fui desenrascando, mas já estava na altura de começar a estudar isto mais a fundo!



Como queria modelar várias situações diferentes, precisava de encontrar uma forma de as indexar para facilitar o estudo.

Comecei por comparar situações com o mesmo M, mas com antes e sem antes.

Efectivamente se o outro jogador for all-in os ranges de call em função do M são muito semelhantes com antes ou sem antes. Isto acontece porque a percentagem da stack que está no meio como "dead money" é igual em ambos os casos.

Onde o M se torna menos útil, é em situações de 3-bets, porque a % da stack que o raise representa pode ser bastante diferente mesmo com Ms iguais. Basta pensarmos que numa situação sem antes e com o mesmo M vamos estar com mais Big Blinds do que a mesma situação com o mesmo M com antes, mas o valor dos raises vai ser semelhante.

Depois de pensar um pouco no problema, cheguei à conclusão que a melhor forma de estudar isto, será em função das odds.

Vou começar pelas situações onde o outro jogador vai all-in. Aí se por exemplo houver 20% da stack efectiva já no pot, as odds que vamos ter vão ser algo do género 1.2-1. Se houver 30% vão ser 1.3-1, etc.

Aí para saber quando dar call ao all-in é uma questão de calcular uma função das odds com o range com que estimo o outro jogador ir all-in.

Depois é uma questão de reduzirmos o nosso range de call em função da exposição a calls dos jogadores que faltam falar. Já que cada um desses jogador representa a possibilidade de um call/all-in depois de nós com uma mão mais forte.

Acho que isto com algum tempo de estudo e memorização dá para ficar sólido.

Depois começa a parte mais interessante!

Eu acho que dos calls a all-ins dá para passar ao estudo dos 3-bet all-ins vs raise. Eu ontem estive só a ver por alto, mas o que se verifica é que com stacks pequenas o range com que podemos fazer 3-bet all-in contra um jogador que fez raise só aumenta à medida que temos mais fold equity, isto é, quanto mais ele faz fold contra o nosso all-in, mais mãos podemos ir all-in.

O contrário passa-se com stacks grandes e é fácil pensarmos que com 100 Big Blinds, se um jogador faz mini-raise com qualquer mão, não podemos ir all-in para cima dele com o range que seria rentável ali pagar um all-in contra qualquer mão. Seria suicida!!!

Há portanto ali um ponto em que menos deep o aumentar da fold equity comparativamente ao call a all-in directo permite-nos ir all-ins com mais mãos e mais deep com menos.

Isto é uma das coisas que quero estudar a seguir...

Nestas primeiras semanas consegui encontrar os  cantos do puzzle e juntar a parte de fora, mas agora é que vou começar a preencher o puzzle por dentro!

$100K Vlog #5 (Em Inglês)

O material audiovisual, vou fazer exclusivamente em inglês, porque exige bastante tempo e em inglês chega a um público mais abrangente. De qualquer modo, vou publicar à mesma neste blog, para que quem quiser ver, possa ver:



$100K Dia 25

Estratégia

Habitualmente quando coloco mãos online onde faço pequenas apostas alguém pergunta "Não estás a dar as odds aos outros jogadores para te darem calls com projectos que se possam tornar melhores do que a tua mão?"

Sim, estou, mas ao mesmo tempo eles com muitas mãos vão ter as chamadas "reverse implied odds", ou seja vão haver muitas vezes onde vão ficar com uma mão mais fraca que a minha e acabar por meter as fichas todas!

Ex.: AA vs Marcel Luske

De qualquer modo a mão mais interessante do dia penso que tenha sido esta:

Sequência com par na mesa

Que faziam? A única read que tenho é que o Player 6 não pensou muito antes de mandar aquela aposta enorme no river.

Gestão de Banca

O Domingo não correu muito mal, pois tive alguns top30s e torneios nos lugares premiados em geral, mas falharam as mesas finais.



É capaz de ter sido a primeira semana a perder do desafio, mas também foi a semana em que meti menos volume, pelo que é normal.

Vou mudar um pouco a minha gestão de banca


  • Torneios regulares: Jogar só com pelo menos 200 Buy-Ins

  • Torneios especiais: Jogar só com pelo menos 100 Buy-Ins


Especiais são aqueles que aparecem no lobby a vermelho  (Bigger, Hotter, Saturday, Sunday,etc) e a razão por jogar estes com menos buy-ins é os fields serem mais fáceis, já que existem muitos jogadores que ganham satélites para eles.

Nos outros eu acho que a vantagem que tenho nos torneios é mais pequena, devido à percentagem de jogadores regulares melhores que eu que jogam e como tal os resultados vão ser piores em geral e os pontos negativos mais baixos no gráfico, daí querer investir uma percentagem da banca menor nesses.

$100K Dia 24

Acho que ter estado tantos dias sem jogar foi mau a nível de Poker, mas estava a precisar de me organizar melhor para conseguir fazer uma boa parte do que quero fazer.



O que devo fazer a partir da próxima semana é:


  • Segunda-feira: dia livre

  • Terça-feira: gravar o VLOG, gravar uma sessão em inglês e gravar uma sessão em português.

  • Quarta-feira: estudar

  • Quinta-feira e Sexta-feira: jogar 4-8 horas em cada dia

  • Fim-de-semana: Jogar umas 20-30 horas.


Uma coisa que é curiosa, é que sempre que penso quais são as minhas prioridades, acho que a principal é a saúde, mas depois acabo por não encontrar tempo para correr um bocadinho e muitas vezes com o stress falho na alimentação.

Isto acontece a mais alguém?

Quero ver se consigo ter mais auto-controlo na alimentação e fazer 30 minutos de corrida/bicicleta mais frequentemente.

Já é um plano semanal bastante cheio, mas acho que no todo tem potencial para funcionar bem.

De qualquer modo..., de volta ao Poker:

-

Hoje correu mal!

Eu joguei mal, tive azar, etc.

Amanhã vou jogar melhor e há-de correr melhor!

Acho que vou cortar um bocado nos turbos no inicio da sessão e apostar mais nos torneios regulares.

A razão para isto é o tempo que tenho para pensar (time-bank), que nos não-turbos é muito superior!

É que ainda estou um bocado "verdinho" em muitas situações e não consigo equacionar todos os factores rapidamente.

Outra coisa que vou ter em atenção, são os torneios mais caros. Para já vou evitar um pouco jogar torneios de tipo $50 que não sejam dos especiais com satélites porque têm uma percentagem de jogadores bons já bastante razoável.

$100K Dia 23

Ontem tive duas horas de coaching com o Andrew Brokos e estivemos a falar sobre apostas para valor.

Depois estive a gravar uma sessão de torneios de $0.5 com 45 jogadores que vai ficar online amanhã ou na próxima semana.

Já agora..., para quem ainda não viu, já estão disponíveis os vídeos todos da sessão de 90 jogadores que tinha gravado a semana passada!







Já entendi que há muita gente que não consegue acompanhar os vídeos em Inglês e que está a precisar de uma ajuda quanto antes para bater os stakes mais baixos.

Como ainda não sei quando vou conseguir ter as legendas para os vídeos em Inglês, estou a pensar fazer semanalmente um vídeo de cerca de uma hora em Português. Que vos parece?

Perguntaram também quais são as opções que tenho no bet-slider durante os vídeos.



As apostas pré-flop uso bastante, as pós-flop normalmente escrevo-as.

No cliente da PokerStars podem ir a "Options->Bet Slider Options..." para configurar isto.

Ah..., em relação à gestão de banca acho que vou fazer uma excepção à minha regra em Março...!

7º Aniversário do Sunday Million

Se for mais de 5% da minha banca na altura eu não jogo, mas caso contrário acho que vai ter uma percentagem de jogadores recreativos muito muito superior ao normal em torneios deste buy-in e acho que vale muito a pena arriscar até 5% da banca aqui.

$100K Dia 22

Ontem passei algum tempo a organizar o conteúdo que já tinha produzido para o desafio e a responder a comentários de seguidores.

Desculpem se não respondi a algumas pessoas, mas sou eu que respondo pessoalmente a todos os comentários e tenho algumas limitações a nível de tempo.



Se tiverem perguntas, peço-vos que primeiro leiam os posts do desafio todos até à data, porque muitas vezes são perguntas já respondidas em posts anteriores e caso não encontrem aí as resposta deixem um comentário no último post que escrevi, que normalmente eu leio os comentários antes de escrever um post novo.

Uma nota positiva, foi a de ter passado a barreira dos 1000 subscritores no youtube e estar perto de passar os 2000 likes no facebook!





Como sabem eu faço o conteúdo 100% gratuito, pelo que as formas que tenho de receber feedback  acabam por ser os comentários que me deixam e o número de pessoas que subscrevem ao meu conteúdo.

Portanto se gostarem, por favor subscrevam no youtube e metam um like no facebook :)

Estratégia

Ontem a nível de estudo, resolvi fazer uma coisa um pouco diferente do que costumo fazer.

Abri o Holdem Manager e meti um filtro para ver todas as mãos de Domingo onde NÃO tinha ido all-in pré-flop, mas tinha havido showdown (ver-se as cartas) no river. Depois em cada mão meti para não ver a mão dos outros jogadores e sempre que tinha uma decisão, pensava qual era o range do meu adversário e qual seria a aposta. (No fim via as cartas deles)

A ideia era treinar um bocado a minha leitura da mão dos adversários e com o tempo que fosse preciso pensar qual era a melhor jogada.

Funcionou bastante bem e acabei por analisar cerca de metade das mãos que tinha neste filtro de Domingo (talvez umas 50).

Acho que vou ter que diminuir o número de mesas e ser mais selectivo nos torneios que jogo, porque havia mãos em que chegava ao river, eu via a minha aposta e ficava "O QUE????". Normalmente eram situações onde apostar não tinha sentido porque nunca era pago por pior, ou tinha apostado demasiado pouco para a mão em que eu metia o adversário e não extraía o valor máximo da mão.

Acho que é uma boa forma de estudar e pensar no jogo!

$100K Dia 21

Estratégia

Algumas pessoas que viram os meus vídeos e perguntaram-me sobre a tabela que uso para os all-ins longe dos lugares premiados.



A parte de de cima representa o equilíbrio para ir all-in quando antes de nós ninguém meteu fichas.

A tabela tem por cima as posições em que estamos e de lado o M (Stack efectiva / BB+SB+Antes*#jogadores).

Para essa parte copiei os valores do Kill Everyone, mas mudei a parte de baixo, porque assim é mais legível enquanto jogo Poker.

É preciso ter em atenção que as pessoas dão calls a all-ins das primeiras posições com mais mãos do que devem e nas últimas posições com menos mãos do que devem, pelo que é importante ajustar tendo isso em conta. (Vão all-in com menos mãos UTG e mais no SB, etc).

Se gostarem deste tipo de tabelas, encomendem o livro!. No entanto tenham em atenção que isto não substitui passar algum tempo numa calculadora de ICM a estudar ranges em situações comuns!

Falando dos vídeos...

Eu ainda não consegui arranjar as legendas em Português, mas estou a trabalhar nisso e espero que no próximo mês já tenha tudo legendado.

De qualquer forma, se entenderem Inglês e ainda não tiverem visto, vejam estes vídeos de estratégia gratuitos:







Se gostarem e quiserem receber notificações dos próximos vídeos subscrevam a minha página no youtube!

Ontem também tinha algum material gratuito para estudar que o Andrew Brokos me deu antes do próximo coaching:



(Tenham em atenção que nos micro e low-stakes muitos dos adversários vêm qualquer par como o nuts)

Também me disse para ver os vídeos dele aqui, mas aí já tem uma mensalidade de $24. Pelo que o que recomendo é adquirirem este material só quando estiverem a jogar mid-stakes!
Gestão de Banca

A minha gestão de banca agora vai passar por jogador os torneios com maiores garantias onde não tenha que investir mais de 1% da minha banca. A razão por escolher estes torneios, é que mesmo muitas vezes sendo buy-ins já razoáveis, atraem muitos jogadores recreativos devido aos enormes prémios e satélites para os mesmos.

Algumas pessoas perguntaram porque é que não jogo satélites.

Enquanto jogador profissional, eu regra geral sou contra jogar satélites para torneios que a minha banca não me permite jogar. Se der para fazer unregister, acho que é aceitável, embora mesmo assim acho que aprendo/evoluo mais a jogar torneios normais. É uma questão de gestão de banca. Em termos de dólares o que muda se ganharmos um satélite podendo fazer unregister ou não o ganharmos? É dinheiro na banca há mesma!

Exemplo:

Tenho $1000 de banca e há um satélite de $10 para um torneio de $215 que dá para fazer unregister.

Vamos supor que "Podemos" jogar o torneio de $10, porque representa apenas 1% da nossa banca e temos sorte, acabando por ganhar o satélite (21 buy-ins). Se fizermos unregister ficamos com $1205 na conta ou podemos ficar com $990 e jogar o torneio de $215.

Com $1205 um profissional nunca devia jogar um torneio de $215, é má gestão de banca!

De um ponto de vista lógico, não tem sentido um profissional jogar um torneio para o qual não tem banca só porque ganhou um satélite.

É importante ter atenção no entanto, que acho os satélites fascinantes para os jogadores recreativos, porque permite a um jogador com um investimento mínimo ter uma hipótese de jogar um torneio grande e potencialmente ganhar um grande prémio.

A diferença aqui é a gestão de banca, onde no jogador recreativo o importante é o valor lúdico por dólar investido, ao passo que no jogador profissional é o retorno de investimento comparado com o risco.

$100K Vlog #4 (Em Inglês)

O material audiovisual, vou fazer exclusivamente em inglês, porque exige bastante tempo e em inglês chega a um público mais abrangente. De qualquer modo, vou publicar à mesma neste blog, para que quem quiser ver, possa ver:

$100K Dia 20

Neste post em vez de meter as boom hands directamente na página vou meter o link para não abrirem automaticamente.

Deixem um comentário a dizer como preferem por favor!

No Domingo comecei por me registar nos torneios todos que queria jogar e já tinha tipo 20% da minha banca investida num só dia, mas em vários torneios que representavam menos de 1% do total.

Uma coisa que me apercebi nos mid-stakes é que as pessoas não metem a stack no meio no river sem acharem que têm uma mão bastante forte e eu muitas vezes perco valor por apostar pot no river.

http://www.boomplayer.com/poker-hands/Boom/2046785_FBA7AC2E9E

http://www.boomplayer.com/poker-hands/Boom/2055581_A68A19AEFA

Claro que isto gera boas oportunidades de bluff nas circunstâncias certas!

http://www.boomplayer.com/poker-hands/Boom/2047254_C608A18096 

(Era um jogador muito tight e as mãos com que ele paga flop e turn não são normalmente boas naquele river)

http://www.boomplayer.com/poker-hands/Boom/2054896_9AAF9A1F5D

(Já não me lembro das reads nesta jogada)

http://www.boomplayer.com/poker-hands/Boom/2062573_88CF74BA9D

Nas primeiras horas da sessão, as coisas não estavam a correr lá muito bem, houve muitas situações em que eu acabava all-in pré-flop a dominar o range do jogador que tinha feito raise/all-in antes de mim, mas um dos 1-2 jogadores que faltavam falar acordava com AA e perdi assim uns pots grandes.

Outra coisa que aconteceu, foi gutshots a bater no river quando eu tinha monstros!

http://www.boomplayer.com/poker-hands/Boom/2053735_C090649C3D

(Sim, apostei pouco no turn, mas mesmo assim ele não tinha as implied odds para dar call)

A certa altura estava a olhar para o cashier e a pensar "Se não começar a chegar a mesas finais, vou acabar o dia a perder umas centenas de dólares, mas faz parte e depois ajusto a minha estratégia de gestão de banca a partir daí".

Felizmente, quando já estava preparado psicologicamente para acabar o dia a perder algum dinheiro, os outros jogadores começaram a tentar uns bluffs infelizes contra mim:

http://www.boomplayer.com/poker-hands/Boom/2055022_98D25408AD

http://www.boomplayer.com/poker-hands/Boom/2055318_4E2CCE2A26

Também tive direito a uma badbeat monstruosa!

http://www.boomplayer.com/poker-hands/Boom/2062072_A69BF1EDFD

A jogada em si não tem nada de especial tirando ser um cooler monstruoso para todos os envolvidos.

O desfecho é que foi algo brutal e improvável, sendo que eu ganho aquela mão apenas uma vez em 84!

Houve uma mão mais à frente onde me faltou um pouco de coragem no river: http://weaktight.com/5507299

No flop paguei a c-bet com posição e no turn quando ele fez check, apostei para tentar ganhar ali o pot e depois no river comecei a pensar "eu não tenho fullhouses no meu range, pelo que vai ser dificil apostar aqui".

Pensei mal no river, eu não estava a representar um fullhouse, mas sim um flush e a minha mão não tinha valor de showdown praticamente nenhum depois da minha aposta no turn. Também, houve algo que eu me apercebi durante a jogada, mas que não capitalizei na altura. O jogador no turn, fez snap-check quando viu o valete de copas e depois quando eu apostei ele esteve um pouco a pensar antes de pagar a aposta. Eu acho que se ele tivesse um monstro ali, pelo menos parava para pensar se apostava o turn ou não e não o que fazia com a minha aposta. Perdi ali uma boa hipótese para ir para as 800k fichas!

Mais tarde perdi assim: http://weaktight.com/5507320

Infelizmente não cheguei à mesa final do torneio em questão, mas em outros torneios cheguei a duas mesas finais ontem!



Este torneio tinha blinds de 10 minutos se não estou em erro e deu para jogar bastante.

Houve uma jogada que me arrependi muito no HU e deixou-me um bocado afectado psicologicamente para o resto do HU.

http://weaktight.com/5507225

Eu devia ter ido all-in no river. Era um jogador que não dava 3-bet light, só para valor e o range dele acho que vai ser pares médios/altos + cartas altas. Quando eu cheguei ao river eu devia ter pensado que não podia ganhar a mao com um check e um all-in só precisa de funcionar metade das vezes para ser rentável.



Neste torneio tive imensa sorte na mesa final e eliminei uns 5 jogadores, chegando ao Hu com uma vantagem significativa.

Depois perdi uns all-ins pré-flop e tivemos que começar a jogar flops.

http://weaktight.com/5507337

http://weaktight.com/5507340

Parece que as sequências estavam do lado dele!

Com estas duas finais, houve um aumento enorme na banca:



Também atingi SilverStar no Domingo!



No próximo sábado já vou estar a jogar o freeroll de $5K dos ChromeStar+ e o de $30K dos SilverStar+!

Entretanto como podem ver pelo printscreen do cashier, já tenho pontos suficientes para trocar por um ticket para o Sunday Storm (700FPP) e tenho a primeira Stellar Reward de $10 para receber. Ou seja, $21 grátis! ^^

Este post já está bastante extenso, pelo que vou deixar para amanhã a parte da gestão de banca.

No entanto, ainda hoje devo meter online o primeiro vídeo gratuito onde eu jogo torneios de $0.5 e explico as jogadas.

Se estiverem interessados, recomendo-vos que subscrevam a minha conta no youtube para serem prontamente notificados mal o conteúdo esteja disponível!

$100K Dia 19

Na noite passada não dormi grande coisa e hoje não estava com grande vontade de jogar.

Acho que nem devia ter aberto mesas. Provavelmente descansar e estudar tinha sido mais produtivo.

Depois é claro que uma pessoa cansada e sem vontade de jogar toma más decisões e vou deixar aqui a minha pior:



Não acabei nos lugares premiados em nenhum torneio e acabei o dia "ligeiramente negativo"



Tenho estado a pensar o que quero fazer em termos de horário agora que tenho uma banca de $2000-$3000.

Acho que o que vou começar a estudar 1-2 dias/semana e jogar 3-4 dias/seamana umas 10h+/dia.

Não estou muito preocupado com aumentar a banca de momento, a minha preocupação é melhorar o mais rapidamente possível, porque a banca depois acompanha o progresso.

$100K Dia 18

Como tinha referido no post anterior, ontem comecei o dia a jogar cerca de duas horas de torneios de 180 jogadores ($0.5) para fazer um vídeo.

Depois estive a escrever os posts no blog e finalmente pude jogar um pouco!

O meu plano com $2k era jogar os torneios de 180 jogadores de $15 e misturar alguns torneios do calendário.

Mas, como não estava com grande vontade de jogar os torneios de 180 jogadores, optei por jogar apenas os torneios do calendário.

Abri 12 torneios e ainda deu para fazer a minha primeira mesa final em torneios do calendário neste desafio!



Estive cerca de 7 horas a jogar o torneio e deu para jogar muito muito muito!

E ao jogar muito muito muito, deu para errar muito muito!

É que nos últimos dias comecei a jogar um jogo mais agressivo e embora nos turbos as pessoas normalmente não tenham tempo para se ajustar, nos torneios mais longos ajustam-se de uma forma ou de outra e fico em situações muito complicadas.

De forma resumida passei de 8 para 80 e não apenas em forma figurativa, mas em PFR (pre-flop raise) :P

O problema disto é que o meu pós-flop não é bom o suficiente para compensar este estilo de jogo pré-flop e acabei muitas muitas vezes em situações super-desconfortáveis pós-flop.

Depois fui para casa satisfeito com o resultado, mas não consegui dormir nada de jeito a pensar nas situações onde joguei mal de uma forma ou de outra.

É preciso criar as oportunidades para elas aparecerem, mas quando elas aparecem, é fundamental saber aproveitá-las ao máximo e naquele torneio eu sinto que não o fiz.

Atenção que não me estou a queixar, só quis partilhar aqui o que se passou na minha cabeça depois do torneio.

De qualquer modo, estive bastante tempo a pensar naquilo que fiz de errado e já tenho uma ideia de como vou ajustar o meu pré-flop. Acho que nos próximos dias já vou jogar melhor!

Voltando ao resultado...

Isto deu um aumento muito significativo à banca!

~

Vou ter que mudar um pouco a forma como planeio a semana.

Acho que vou começar a jogar menos dias, mas mais horas por dia para poder apanhar o máximo de torneios de calendário possíveis durante a sessão.

Está na altura de deixar para trás os torneios de 180 jogadores...

$100K Dia 17

Estratégia

No último post tinha deixado duas mãos para vocês pensarem e eu disse que ia fazer vídeos a explicá-las.

Mão #1

Mão #2


Se puderem deixem-me algum feedback sobre as análises na respectiva página do youtube e se gostarem partilhem-nas com os vossos amigos!

Gestão de Banca

Ontem foi um dia... ridiculamente bom!

Joguei 39 torneios com os seguintes resultados:



Ganhei 2 $3+r, 1 $2.5 e 1 $4.5!!!

Se estivesse a jogar torneios de 9 jogadores, 4 vitórias em 39 era normal, mas em fields 20x maiores...



Aqui entre nós..., eu fiquei um bocado chocado com os meus resultados de ontem, porque eu tinha pensado que acabar o mês com $1000 seria porreiro, mas estar com $2000 no dia 7 do mês nunca me tinha ocorrido.

Honestamente em 17 dias de desafio, ter 20x o investimento inicial está muito além das minhas expectativas.

Como foi um dia surreal, decidi não jogar mais, até porque gosto de números redondos e $2k é super redondo!

Achei que era melhor deixar o pc e tirar o Poker da cabeça durante umas horas para poder reavaliar a situação com cabeça fria.

Convidei a Katerina para ir ao cinema e fomos ver o Django.



Eu achei que o filme era bastante bom e que foi tempo/dinheiro bem gasto.

A Katerina achou que era "bom" e disse que gostou mais dos efeitos especiais do Twilight.

Eu pessoalmente acho mais cool ver aquelas cenas com estilo que o Tarantino sempre mete, do que efeitos especiais de "super-humanos"/vampiros, etc

Voltando à razão porque se dão ao trabalho de ler este blog (O poker)...

Depois com a cabeça mais fria pensei um pouco na minha situação e decidi o que queria fazer.

Inicialmente houve algumas pessoas a seguir-me e a tentar fazer desafios parecidos, mas achei que se calhar iam desmotivar um pouco quando vissem que a minha banca já ia nos $2k, quando hipoteticamente a dos meus seguidores ainda está nos $200 ou algo do género. Então decidi fazer hoje um vídeo de quase 2 horas onde eu joguei 6 mesas de $0.5 em simultâneo.

Aquilo vai ser dividido em vídeos mais pequenos e assim que esteja pronto vou colocar um por dia no youtube para ver se ajudo quem está a subir mais lentamente.

A minha ideia actual é fazer vários vídeos destes nos diversos limites que já bati, já que quando jogo um limite que bati há pouco tempo vou entender melhor o que se está lá a passar e ser capaz de consequentemente explicar melhor a quem o vê!

Ainda vai ser feito um genérico para estes vídeos e têm que ser editados, mas acho que na próxima semana devo poder colocá-los online, pelo que se estiverem interessados, sugiro-vos que sigam o meu canal no youtube.

Relativamente ao meu grind, eu vou manter a minha estratégia de gestão de banca que tenho feito de não investir mais de 1% da banca num torneio, mas vou ser um pouco mais conservador nos torneios com mais de 180 jogadores já que vão ter uma variância maior.

$100K Dia 16

Ontem tive duas horas de coaching com o Andrew Brokos onde falámos um pouco sobre como jogar pós-flop.

Não foi tanto ver jogada por jogada, mas mais discutir a forma de pensar e analisar as situações. Muito produtivo!

Ele acha que eu não sou tão mau como penso que sou no pós-flop e que com um pouco de coaching, estudo e confiança eu posso jogar mais mãos e melhor.

Estou a pensar começar a gravar as minhas sessões de jogo com comentários meus e colocá-las gratuitamente online, pelo que vão poder também usufruir daquilo que tenho aprendido.

O formato que estou a pensar é 6 mesas em simultâneo em 1080p e dividido em vídeos de 30-50 minutos. Que vos parece? :)

Estratégia

Na minha sessão de ontem houve duas mãos bastante interessantes e que quero partilhar com vocês, mas..., vamos fazer a coisa de forma diferente...

Vou colocar aqui os links para as respectivas discussões de mãos no facebook e peço-vos que quando forem ver a mão, pausem sempre que eu tenha que tomar uma decisão para pensarem o que fariam.

Depois podem discutir as mãos com os vossos amigos e/ou na página do facebook.



No post de amanhã vou meter um vídeo em inglês a explicar a minha forma de pensar em cada uma das mãos e o que considero ser a jogada correcta.

(Não comentem a mão aqui no blog sff, mas podem comentar o que acham deste método de trabalho)

Mão #1

Mão #2

Gestão de Banca

Ontem não houve muitas mesas finais, mas das poucas que fiz ganhei duas de $2.5 e deu para acabar positivo!



A partir dos $800 já posso jogar os torneios de 180 jogadores de $8, mas ainda falta mais um bocadinho...

Hoje o que vou começar a jogar são os de 180 jogadores turbo $3.5+r.

Eu acho que ainda não tenho banca para fazer 2 rebuys e um addon por defeito (pode-se fazer logo rebuy mal começa), mas se eu só fizer rebuy quando perder e um add-on, aí fica por $6.69 o que acho que está adequado para a minha banca.

Muitas vezes vai ficar mais caro quando perco antes do add-on e faço um rebuy por $3.19, mas se pensarmos que estas 1500 fichas ficam mais baratas que as iniciais (não se paga rake), posso pensar que estou a pagar por um segundo torneio de $3.5 que eu pagaria de qualquer forma. Já podem ter passado mais uns níveis, o que implica que vou ter um edge menor no torneio, mas como disse tenho o desconto de não ter que pagar o rake uma 2ª vez e há os benefícios de sobreviver até ao add-on onde posso comprar 2000 fichas por $3.19.

Acho que vou jogar estes enquanto tiver mais de $669 de banca.

$100K Vlog #3 (Em Inglês)

O material audiovisual, vou fazer exclusivamente em inglês, porque exige bastante tempo e em inglês chega a um público mais abrangente. De qualquer modo, vou publicar à mesma neste blog, para que quem quiser ver, possa ver:

$100K Dia 15

Hoje acordei sem grande vontade de fazer o que quer que fosse e acabei por não jogar muito.



Li um pouco do Kill Everyone e depois estive a jogar algumas mesas de 180 jogadores não-turbos ($4.5).

O objectivo era com calma ver situações onde eu me sinto menos confortável para depois as poder analisar mais tarde.

Aqueles torneios demoram umas 4 horas, mas são tão mais fáceis que os turbos...

É incrível que cheguei à bolha com mais de 20 Big Blinds e era dos que tinha menos fichas no torneio!!!! Enfim, uma mina! :)

Ainda fiz uma mesa final, mas perdi num bluff :'(



Ele não estava a defender as blinds com muitas mãos, então achei que ele não ia ter 2x no range tirando A2 e talvez alguns 2xs mais altos.

Eu ainda não tinha feito nenhum bluff na mesa, só apostas para valor, então achei mesmo que podia funcionar...

No entanto, acho que me faltou um bocado mais de "pressão" que não tive porque ele tinha mais fichas do que eu e era o meu torneio que estava em jogo.

De qualquer modo a expressão é: "Façam o que eu digo, não o que eu faço." :P

Nada de bluffs nos stakes baixos! :)

A banca subiu ligeiramente e fiquei muito perto dos $700!



Amanhã vou gravar o meu vlog e mais alguns vídeos com mãos para o youtube.

Depois na quarta-feira devo jogar uma mistura de turbos com não-turbos.

$100K Dia 14

Ontem comecei por abrir 3 torneios de 180 jogadores ($2.5) e num deles consegui logo chegar à mesa final, mas infelizmente perdi um all-in pre-flop com KK vs Ax num pot para chip-leader.

Ao mesmo tempo abri alguns torneios de 90 jogadores ($1) e fiz várias mesas finais, pelo que a banca estava a subir com um bom ritmo e estava pronto para começar a jogar mais $2.5s!

Entretanto também começaram os freerolls da Team Online que eu passei metade do meu último VLOG a explicar o quão bons eram para quem ainda não tinha conta na PokerStars.

O 1º acabei por perder numa mão...:



Depois no 2º comecei numa mesa com o Mickey Petersen e o Caio Pessagno.

Ao fim de pouco tempo tive bastante sorte de estar do lado certo de um cooler, já que um jogador mais short foi all-in e o Mickey isolou all-in com TT quando eu tinha KK.

Como sou membro da Team Online, não tenho direito ao bounty de $25 nos pros, mas o aumento da stack foi muito bem recebido!

Eu estava a jogar um jogo muito sólido, até porque tinha umas 12 mesas abertas e não sei jogar de outra forma, mas fui vendo uma ou outra jogada do Caio.

É simplesmente genial estar a ver um jogador daquele calibre a jogar, por exemplo houve uma mão em que se não estou em erro ele tinha KT aí com 50 ou 75 Big Blinds. Ele faz um raise pequeno das primeiras posições e o jogador a seguir dá call. O Flop vem Kxx (não me lembro da textura) e o Caio acho que faz uma aposta de menos de metade do pot, sendo que o adversário dá call. Não me lembro o que veio no turn nem no river, mas a mão do Caio não melhorou. A parte interessante, é que ele no turn mudou a mudança de 1ª para 3ª e tanto no turn como no river fez apostas muito perto do tamanho do pot.

O outro jogador pagou com uma mão pior!

Acho que ele já jogou tantas mãos e estudou tanto, que com a sequência de apostas em função das posições e da textura do flop conseguiu meter o adversário numa mão mais fraca e extrair valor máximo da dele.

Fui ganhando alguns pots quando tinha mãos boas e roubando algumas blinds nas últimas posições, até que meteram o Naoya Kihara na minha mesa. Acabaram-se os walks! Ele é super agressivo nas últimas posições!

Felizmente nesta altura tinha uma stack confortável e fui esperando por boas mãos, enquanto jogava o jogo dos all-ins com as stacks mais pequenas à minha esquerda.

Ficámos nos lugares premiados e sempre que eu subia um lugar eu dizia à Katerina com um sorriso "Já estou a ganhar X no freeroll".

Penso que quando estávamos 4 jogadores eu fui all-in na SB com 2 cartas pequenas do mesmo naipe e o jogador da Big Blind que estava short depois de uns 20 segundos "a pensar", deu call de KK. As minhas cartas pequenas ganharam e fiquei no top3, onde o dinheiro já era mais significativo.

Eventualmente fiquei Heads-Up com o meu colega Japonês e posso-vos dizer que estar com 30 ou 40 Big Blinds contra um jogador super agressivo que já ganhou uma bracelete é um bocado assustador!

Perdi logo um pot enorme ao inicio onde ele foi super agressivo e eu não quis pagar o 3º barril só com um par e aí decidi que era altura de mudar de estratégia.

Eu era de certeza pior que ele a jogar HU, portanto não tinha sentido estar a tentar jogar pots pequenos e deixá-lo na sua área de conforto, então como já tinha umas 20 Big Blinds, mudei de estratégia para contra-atacar os raises dele com all-ins de mãos com equity (Ax, SC, broadways, etc) e tentar apanhá-lo com as mãos mais fortes. Em relação às mãos onde eu era agressor em posição, só queria chegar a um showdown para ver com o que é que ele estava a defender e tentar explorar esse range em posição.

Eventualmente consegui voltar à stack inicial e depois houve uma mão em que eu tinha top pair + flush draw no flop e ele tinha overpair, sendo que metemos as fichas todas aí...



Ainda joguei alguns torneios scheduled e mais de 180 jogadores ($2.5), sendo que ainda fiquei em 2º num após perder no HU um 60-40, mas finalmente surgiu a vitória noutro!



O gráfico do dia ficou muito bom com a vitória no freeroll e as mesas finais nos torneios de 180 jogadores:



Ficando a banca assim:



Nos próximos dias vou abrandar um bocado o ritmo, jogar menos horas e gastar algum tempo a estudar.

É possível que comece a jogar alguns torneios de $4,5 de 180 jogadores com blinds de 15 minutos, para trabalhar um pouco no pós-flop.

Um pequeno desabafo...

Houve algumas pessoas que questionaram a validade deste freeroll para o meu desafio e que disseram que me iam deixar de seguir.

Como é óbvio, só me segue quem quer e não dá para agradar a Gregos e Troianos.

Quando comecei este desafio, comecei com uma conta bronze-star com $100 e 0 FPPs, sendo que a única coisa que tinha de especial são estes freerolls e nem sequer ganho os bounties, que representam uma grande parte do valor destes torneios.


Eu entendo que algumas pessoas se sintam mal por não terem acesso aos freerolls, mas ninguém se queixou sequer quando eu perdi o 1º com AK, só se queixaram quando ganhei o outro!

Houve também pessoas que se queixaram logo no inicio do desafio, que devia ser do 0 aos $100k, etc.

Eu dos 0 aos $100k duvido muito que consiga fazer num ano se tiver que estar a produzir conteúdo diário, porque o conteúdo gasta-me muito tempo.

Decidi ser dos $100 aos $100k, porque achei que era possível e que $100 é uma quantia que a maioria das pessoas que me segue consegue juntar para tentar e já dá alguma margem de manobra enquanto se aprende.

Em relação ao resto, eu tentei equilibrar as coisas ao máximo e promover primeiro a PokerStars e depois a Team Online, porque são eles que me pagam uma boa parte das minhas despesas.

Agora é assim..., se a algumas pessoas não agrada o meu desafio, não precisam de seguir o conteúdo gratuito e diário que eu gasto horas por dia a produzir!

Se por outro lado, quiserem seguir-me e se sentirem algo frustrados por não terem acesso a estes freerolls, porque não canalizam essa frustração para algo positivo e explicam aos vossos amigos que ainda não jogam Poker online o quão valiosos são estes freerolls?

A ideia é trazer jogadores novos e tornar esta entrada o mais agradável possível. Não gostavam de ter mais amigos com quem partilhar as vossas mãos, estratégias, badbeats, etc?

$100K Dia 13

Desta vez demorei um pouco mais a escrever o post, porque a Katerina quis ir a um torneio de Magic no Sábado e acabei por mudar o meu dia livre desta semana de Segunda para Sábado.

Estratégia

Uma coisa que notei nos torneios de $1, é que não me pagam tanto as overbets no river sem ter uma mão muito forte como faziam nos de $0.5. Pode ser apenas azar, mas foi o que tenho notado.

Vou ter que ter mais cuidado em como aposto as streets anteriores quando tenho mãos que já sejam muito fortes ou se possam tornar muito fortes, de modo a não ter que apostar mais do que o pot para extrair o valor máximo.

Deixo-vos aqui uma análise de uma mão em inglês que meti no youtube há uns dias:



Gestão de Banca

Depois de dois dias em que acabei como comecei o dia, tive finalmente um dia positivo!



Deu um aumento interessante à banca!

Eu deixei de colocar aqui os resultados do holdem manager por posição, porque estava-me a dar uns resultados muito estranhos e diferentes da realidade. No entanto, o meu sharkscope é público e tem reset desde 1 de Janeiro, pelo que podem ver os meus resultados  lá ou em qualquer outro site de tracking.



Hoje seguindo a minha gestão de banca do >1% já vou poder abrir 3 torneios de $2.5 de 180 jogadores e experimentar um formato novo :)

Esta altura acho que vai ser de muitos altos e baixos até começar a correr bem nos torneios de $2.5, mas ao mesmo tempo vai ser emocionante!

$100K Dia 12

Estratégia

Ontem houve uma jogada em particular que deixou-me a sentir bastante estúpido.



A mão pré-flop penso que é opcional fazer o raise ou fold, sendo que vou ter que pagar os all-ins de todos os jogadores que faltam falar menos o jogador 1, devido às odds que vou ter. Mas, se vou fazer erros póst-flop, mais vale fazer logo fold, porque vai-me custar dinheiro.

De qualquer modo, no flop acho que devia ter desistido logo da mão, porque é daquele tipo de boards em que ninguém gosta de desistir de nada com que tenham dado call pré-flop, mas dei a "c-bet" automática e mal.

Chegando ao turn pensei "ok, ele não deve ter nem 9x nem um par mais alto do que a board, porque numa board tão coordenada costumam querer meter as fichas todas no flop com medo de perderem o pot mais tarde. E foi por isso que decidi fazer um bluff com a minha stack toda.

Ele deu-me call com o seu AJs, que tinha 2 cartas mais altas que a board, mais um draw para o melhor flush.

As odds que ele tinha eram um pouco melhores de 2-1, o que implica que ele precisa de ter uma mão que ganhe um pouco menos de 1/3 das vezes.

Analisando a situação do lado dele, ele tem de equity:

vs KhQh: 86%

vs JT: 81%

vs 22: 43%

vs 44-77: 36%

vs AK/AQ: 33.5%

vs TT: 29.5%

vs QQ 22.7%

vs A9: 18%

Basicamente o call é rentável, desde que eu não tenha um par a cima da board, ou A9.

Isto do ponto de vista do outro jogador é muito interessante, porque se eu tiver bluffs e semi-bluffs no meu range, vai ser rentável para ele dar call no turn com odds 2-1 com aquela mão.

Agora voltando ao meu ponto de vista!

Acho que o que normalmente se diz nestas situações é algo do género "Não dá para jogar nos micros, eles não respeitam raises e não se joga um poker bom".

Os jogadores não respeitarem raises é óptimo! O que se faz em relação a isso, é cortar imenso nos bluffs e fazer apostas para valor com tudo o que possa ter valor!

Não quer dizer que não se possa fazer uns bluffs de vez em quando, mas normalmente os bluffs maiores são no turn ou no river, mas SÓ quando já há uma sequência de apostas que confirma a fraqueza da mão do adversário e para jogadores iniciantes mais vale nem pensar no assunto.

Eu posso-vos garantir, que tão depressa não faço um movimento igual ao que fiz ali no KJ, completamente desprotegido e com cerca de 4% de hipóteses de ganhar. Agora vão ser apostas para valor muito muito finas. 44 naquela board? vamos lá! :)

Este tipo de situações pode não parecer muito importantes quando as jogamos, mas se não corrigirmos estas falhas quanto antes, ao fim de muitos e muitos torneios, elas vão afectar bastante o nosso gráfico e ser bastante custosas!



Ah..., se gostaram do meu vídeo com a análise de ontem, podem ver um diariamente na minha página do youtube!

Gestão de Banca

Ontem para além de alguns erros que sei que cometi, houve algumas situações onde tive bastante azar, do género ficar no flop com sets mais pequenos que os dos adversários, perder com ases e reis contra pares pequenos, etc etc etc... o normal para quem joga Poker :)

A sessão foi praticamente toda no vermelho até ao final, mas no final ganhei o último torneio e acabei o dia mais ou menos como comecei.

Fica aqui o gráfico:



Eu estive a experimentar uns torneios que são os Time, começamos com 15 Big Blinds e duram 15 minutos, depois no final dos 15 minutos, o dinheiro da prize-pool é dividido em função das fichas. Claro que aquilo tem imensa variância, mas eu acho que são rentáveis com o edge que tenho com aquele tipo de stack.



Não me posso queixar, porque não perdi dinheiro e foi um dia em que pensei bastante em algumas situações de jogo e aprendi o que fazer nelas.