Vídeos de estratégia de Abril

Há uns meses atrás decidi começar a fazer vídeos de estratégia para ajudar os meus seguidores a evoluíram e crescerem a sua banca.

Girl in physics class writing formulas on a blackboard Stock Photo - 15413646

Em Março gravei duas sessões, dividi-as em vídeos de 20 minutos e coloquei-os na minha página do youtube.

Os vídeos já estão todos online e podem vê-los seguidos agora nestas listas de reprodução:


Se gostarem dos vídeos, recomendo-vos que subscrevam o meu canal para receberem notificações sempre que eu colocar vídeos de estratégia novos!

$100K Dias 60-64

Na semana passada comecei por ver alguns vídeos:

Game Theory Series - Andrew brokos

Opening Theory - Assassinato

3B Teory Series - Assassinato

Também aproveitei para ouvir alguns podcasts enquanto andava na bicicleta que tenho cá em casa:

Interview Ed Miller

Interview Isaac Haxton

Depois joguei no fim-de-semana e foi cheio de "deep-runs", mas nenhuma mesa final.



O destaque da semana foi para o Big $55 no Sábado:



Eu era o chip-leader com apenas 3 mesas restantes e depois perdi as fichas em duas jogadas que coloquei na página do facebook.



Estas jogadas geraram bastante discussão, especialmente a primeira!

Slowplayed AKs

No boomplayer não dá para ver, já que preservam o anonimato dos jogadores, mas o jogador que fez raise foi o SCTrojans, que é bastante ganhador no formato.

PRE-FLOP

Sendo este jogador bastante ganhador, assumi que era um bom jogador e como estávamos deep e eu estava sem posição, optei por fazer apenas call pré-flop para negar alguma informação sobre a minha mão.



Acho que é muito importante deep contra bons jogadores não definir demasiado a nossa mão nas primeiras streets, pois isso torna a vida deles mais fácil.

Se eu fizer raise, acho que vai ser difícil extrair valor de mãos mais fracas, mas dando só call vou poder continuar na maior parte dos flops, extrair 2-3 bets quando ele acerta com Ax ou Kx dominado e recolher barris quando o turn ou o river são A ou K, já que são as melhores cartas para "barrilar".

Não vou fazer call 100% das vezes, mas tenho uma percentagem de vezes em que faço call.

FLOP

No flop acertei top2 + backdoor flush draw, o que é excelente. Eu não tenho range de lead, portanto fiz check e ele apostou 1/3 do pot.



O que fazer agora? Como a maioria das pessoas fazem 3-bet automática com AK, KK, AA pré-flop, normalmente não têm nem AK nem KK nem AA naquela board e como tal as poucas mãos super fortes são 22 e A2s (talvez QsJs, QsTs e JsTs também), o que representa um range de valor muito muito pequeno. Normalmente contra jogadores agressivos quando representamos um range muito muito pequeno, eles jogam de volta com força mesmo não tendo muito, então optei por fazer um raise forte e ele deu call.

TURN

O 2 no flop pareceu-me ser uma carta boa, já que achei que o meu adversário não ia ter muitas combinações de 2x no range dele e torna mais improvável ele ter 22 na sua mão.



Eu aqui optei por apostar cerca de 70% do pot, já que achei muito difícil o meu adversário fazer fold a Ax, já que o valor de A3 nesta altura é muito semelhante a AQ, sendo a única diferença o efeito de remoção de cartas do meu range (com Qs é mais improvável eu ter um flush draw por exemplo).

Ele fez raise à minha aposta e como ele já tinha colocado mais de 50% da stack dele em jogo, optei por ir all-in e ele pagou!

RIVER



Não tinha colocado o meu adversário em J2s como podem adivinhar.

Nice Hand Sir! :)

Deixem a vossa opinião sobre este tipo de análise de mão por favor na parte dos comentários!

Mais tarde perdi com AKs vs TT e os $20K vão ter que esperar...

Depois no Domingo houve mais alguns torneios onde cheguei às últimas 2-3 mesas, mas o mais interessante foi o $11 [Turbo].

Faltavam umas 4 ou 5 mesas e ganhei um AQ vs par se não estou em erro. O David Abreu estava a seguir-me e a comentar no Skype e disse que estava com o feeling que eu ia ganhar. Eu disse-lhe que aquele era o fim-de-semana do top18 e que assim que chegasse às últimas duas mesas acabava a sorte...

Foram três jogadas!

AQ vs QJ

88 vs 99

AA vs 22

Relativamente ao Domingo, fiz uma sessão de cerca de 13 horas (com intervalos de 5 minutos de hora a hora) e tomei dois cafés.

Já algum tempo que não fazia uma sessão tão grande e tão concentrado!

A  nível do desafio, terminei a semana a perder um pouco:



Mas, foi uma semana bastante boa, porque estive muito tempo a pensar em Poker e consegui jogar bastantes horas durante o fim-de-semana.

$100K Vlog #14 (Em Inglês)

$100K Vlog #13 (Em Inglês)

$100K Dia 59

No Domingo apercebi-me que desde que atingi aos $20K comecei a ficar com medo de perder o dinheiro que já tinha ganho no desafio e acabei por jogar mais baixo do que a banca permitia.

A minha justificação foi não ter qualidade suficiente para jogar os níveis que a banca permitia, mas eu acho que ir jogando esses níveis obrigam-me a melhorar mais rapidamente, o que é melhor a longo prazo.

O dinheiro da banca tem que ser visto não como dinheiro, mas como uma ferramenta para esta mesma crescer até ao ponto em que fazemos um cash-out e passa a ser dinheiro outra vez.

Então decidi jogar um pouco mais alto (acho que joguei 2 torneios de $109), mas não cheguei muito longe em nenhum torneio.

É normal! Nos MTTs estamos em downswing na maior parte do tempo e depois de repente "BOOOM", grande upswing.



Quero agradecer a todos os que deixaram no post anterior comentários relativamente ao meu estado!

O que decidi fazer foi até ao SCOOP começar, fazer só um post por semana com a actualização semanal, deixando assim mais tempo livre para eu me dedicar ao Poker.

Vamos!

$100K Dia 58

Hoje joguei alguns torneios, mas não aconteceu nada de especial, sendo que o melhor resultado foi um 46º lugar no $8+r onde perdi com AK vs QTo vs 55.



Confesso que não me tenho sentido com muita vontade nem de estudar, nem de jogar.

Isto pode parecer estranho já que o desafio está a correr tão bem, mas tenho-me sentido algo cansado a nível mental.

Três meses a escrever posts diários para partilhar a experiência, produzir vídeos para ajudar quem me segue, estudar/aprender e jogar são muito desgastantes!

Vou tentar continuar com o mesmo ritmo, mas se me continuar a sentir cansado, se calhar vou ter que tirar uma semana de férias ou assim.

Que vos parece?

$100K Dias 56 e 57

A semana passada calculei a equidade de cada mão contra determinados ranges.

Depois disso calculado, é uma questão de sabermos qual é a percentagem de vezes que precisamos de ganhar contra o range de call (contra o nosso 3-bet all-in), para saber qual é o range com que podemos ir all-in.

Eu fiz uma pequena tabela no excel onde coloco o M, percentagem de raise e percentagem de call e tenho como resultado a percentagem de vezes que a minha mão tem que ganhar contra esse range de call para ser rentável ir all-in.



Depois comparei os resultados com situações de livros e bateram todos certo. Também comparei com a mesma situação no icmizer e ficou muito muito próximo do resultado deles.

Penso que o que falhou para estar exactamente igual foi eu não considerar a remoção de cartas (se tivermos Ax, é mais improvável o adversário ter Ax), mas a diferença é pequena.

Esta tabela não é "fool-proof", isto é, eu não a fiz para outras pessoas utilizarem, só para eu utilizar, portanto é possível que tenha erros.

Relativamente aos resultados que vamos ver a seguir, são todos considerando situações onde


  • Estão 9 jogadores na mesa

  • As blinds são 50-100 com antes de 10 (ou um múltiplo destes números)

  • Houve um mini-raise e os outros jogadores todos fizeram fold

  • Estamos na Big Blind

  • A stack efectiva tem o M escolhido


É preciso abdicar de alguma precisão para ter resultados úteis que caibam em uma ou duas páginas!


Depois de fazer algumas simulações nesta tabela, fiz a seguinte tabela:


Na primeira coluna do lado direito do 15 temos 44%. O que quer isto dizer?

Aquele valor quer dizer que com um M efectivo de 15 onde há um jogador a fazer um raise com 50% das mãos, mas que "só" dá call a all-in com 30% das mãos, só é rentável ir all-in contra ele com mãos que ganham 44% das vezes contra o range de call ou mais.


Depois tinha os resultados dos cálculos da semana passada e era uma questão de ver quais são as mãos que têm x% de equidade contra o range de call para escrever o range de 3-bet shove.


Em relação aos requerimentos para 3-bet shove eu acrescentei 2 pontos para termos algum edge. Se precisamos de ganhar 44% para ser break-even eu só meti as mãos que ganham pelo menos 46%.

Não estamos nisto para ficar break-even!


Ficou assim:


(Carreguem na imagem para aumentar)


Como isto ficou muito volumoso e feio, decidi fazer uma tabela com as percentagens de mãos com que posso ir all-in contra cada range.


O primeiro 17% quer dizer que podemos ir all-in com as melhores 17% de mãos contra aquele range. Atenção que para esta tabela já estão incluídos os 2 pontos de vantagem!


Esta acho que ficou porreira, mas eu não sei o que cada range quer dizer, portanto precisamos de indexar essa informação!


Esta página não tem a informação toda, só tem até ao top 50%, mas as outras situações são relativamente raras, pelo que não acho muito importante.


Fiquei com duas páginas de informação para utilizar enquanto jogo, mais o material utilizado para fazer estas tabelas que pode ser utilizado no futuro para comparar situações ou tabelas parecidas.


Espero que vos possa ser útil a informação aqui exposta e hoje já nos vemos nas mesas! :)

$100K Vlog #12 (Em Inglês)

$100K Dia 55

O meu último post sobre o meu estudo dos ranges de 3-bet shoving teve um feedback bastante positivo, pelo que vou continuar a escrever sobre o assunto!

Também me pediram se podia partilhar a minha folha de excel com as mãos todas, já que só meti algumas nas imagens.

Folha de Excel

E depois de eu ter dito que não tinha encontrado uma ferramenta boa para calcular ranges de 3bet shoving, recebi um tweet do Colin Moshman sugerindo o  HoldemResources Calculator.


Então, ontem estive a trabalhar com esta ferramenta e fiz uma tabela parecida com a do Kill Everyone que tinha colocado no outro post, mas contra raises de 2  Big Blinds.



Em termos de percentagens não varia muito mais do que 2 ou 3 pontos comparativamente com a tabela contra raises de 3 Big Blinds. Isto acontece também porque a simulação do equilibrium coloca o jogador que abre com raise a dar mais calls contra o nosso all-in quando abre 3 Big Blinds do que 2 Big Blinds. Isto no mundo real não vai acontecer de forma tão perfeita, já que muitas vezes os jogadores que fazem raises de 2 Big Blinds vão ter ranges de call vs all-in semelhantes aos jogadores que fazem raises de 3 Big Blinds.

Hoje se tudo correr bem faço uma tabela de 3-bet shove para explorar tendências dos adversários e coloco no post de amanhã.

$100K Dia 54

No Domingo fiz uma sessão de cerca de 8 horas e joguei na maior parte do tempo até 6 mesas em simultâneo.

A nível dos Freerolls da Team Online ganhei o de $100.



E fiquei em 5º no de $1000, sendo que o meu bounty de $25 foi para o jogador Brasileiro "TeemoXD".



No Sunday Storm o meu bounty de $50 foi para o jogador "Renault_61" após eliminar-me com toppair versus flush draw.



E o torneio (não-freeroll) onde fui mais longe foi o Bigger $22 com $100K garantidos.



Neste torneio estava com uma stack de 30 Big Blinds, mas uma badbeat (A9 vs A3) seguida de um flip perdido (T9s vs 33) ditaram a minha eliminação do torneio.

Em termos de banca não houve uma grande variação, acabando o dia com cerca de $20.2K.

$100K Dia 53

Ontem estive o dia quase todo a pensar sobre situações de 3-bet all-in com <25BB!

Li o que havia para ler nos livros que aqui tenho sobre o assunto, mas regra geral não dão tabelas muito completas nem exploram muito o assunto, havendo poucas excepções:

No Kill Everyone eles têm uma tabela com uma solução de equilibrium em função do M e do range de raise dos adversários.



Eu só acrescentei que percentagem de mãos que cada range representa.

O problema desta tabela, é que é versus raises de 3 Big Blinds e hoje em dia já são menos frequentes quando os jogadores têm <25 Big Blinds.

No Math of Hold'em o autor explica bastante bem o que é relevante para os cálculos do 3-bet all-in e dá alguns exemplos.

Os três factores mais importantes são:


  1. Relação risco/retorno

  2. Com que frequência levamos call

  3. Quantas vezes ganhamos quando levamos call


O 1º factor é algo que vai estar visível na mesa ("Vou arriscar 15BB para ganhar 4 ou 17").

O 2º factor é algo que vamos ter que "adivinhar" (Acho que ele faz raise com 20% e faz fold vs 3-bet com metade).

O 3º factor é uma questão de supormos um range de call do adversário e saber quais são as mãos que ganham vezes suficientes versus esse range para serem rentáveis.


Eu comecei por calcular o equilibrum para várias situações, mas pensando um pouco no assunto, pareceu-me que era tempo mal gasto, já que é algo que leva bastante tempo e neste caso não vai ser útil o suficiente para justificar o tempo investido.


Depois decidi calcular a equidade que todas as mãos têm contra o que acho serem os ranges de call mais comuns.



O EQ é a equity que a mão tem contra o range.

O % é a percentagem de mãos acumulativa representada até àquela mão.


Para os leitores menos experientes no Poker, podem ver que o valor das mãos é muito relativo e que contra um range uma mão pode estar no top10% de mãos, mas contra outro já não estar.



Isto ficou bastante feio e só meti uma parte da tabela nesta imagem!

Dá para simplificar bastante esta tabela, dividindo em 20 partes (incremento de 5%) ou em 10 partes (incremento de 10%) e tendo o range acumulativo em cada ponto mais a equidade mínima desse range contra o range  de cima. Assim já deve caber numa folha A4 e ter um aspecto legível.



Mas, preferi calcular tudo, que pode ser útil mais tarde.


De qualquer modo, eu quero fazer uma tabela de 3-bet shove em função do M (Stack efectiva/Blinds+Antes) para as situações que acho serem mais comuns.


Para além da parte do 3-bet all-in, também quero fazer umas tabelas calls versus all-ins dos ranges que acho serem mais frequentes em função das odds.


Acho que ainda vou demorar mais uns dois dias a estudar esta parte e a fazer as tabelas para depois utilizar.


Depois disto, quero estudar mais a parte do post-flop, estudando possivelmente uma posição de cada vez.


De qualquer modo, isto vai ter que esperar pela próxima semana, já que hoje e amanhã vou jogar!

Sunday Storm Anniversary

Amanhã é um Domingo muito especial com o Sunday Storm especial e os Freerolls da Team Online.

E hoje vou jogar para me preparar para amanhã, porque quando estou uma semana sem jogar o meu nível de jogo costuma descer consideravelmente.

$100K Dia 52

Lembram-se de no mês passado ter colocado uma imagem com os meus dados do Holdem Manager relativamente a Fevereiro?

Ontem estive a ver os valores de Março:



Foi mais ou menos metade da amostra do mês anterior a jogar mais short, mas acho que serve de indicação.

Houve uma queda muito acentuada no EV bb/100 em 16-25 e 26-40!

Vendo por posição o 16-25BB de Fevereiro tínhamos:



Em Março temos:

 



Os números em Março foram bastante mais fracos, o que se deve a ter jogado mais alto e experimentado coisas diferentes.

Um dos principais objectivos de Abril vai ser aperfeiçoar esta parte do jogo!

Quando queremos aprender algo específico é sempre melhor falarmos com um especialista!

Então, ontem estive a falar cerca de duas horas com o António "bettinglife" Ramalho sobre o formato das 25BB, já que ele é especialista no formato.

Foi bastante útil e deu para ficar com algumas ideias de possíveis jogadas e como estudar o formato.

Ele também está a participar na promoção "starssicksetup" e podem lá encontrar o setup dele:



Como podem ver, ele tem o jogo muito esquematizado e imensas tabelas para o auxiliar.

Para a parte do jogo que envolve all-ins também quero fazer algumas tabelas, começando com as soluções de nash equilibrium e depois mais tarde como explorar situações mais específicas.

É uma "seca" e dá algum trabalho, mas bem feito basta fazer uma vez e depois posso aplicar vezes sem conta!

$100K Vlog #11 (Em Inglês)

$100K Dia 51

Na Quinta-feira tinha decidido gravar uma sessão de Low-Stakes de torneios de calendário para dividir a sessão em pequenos vídeos em Inglês.

A sessão estava a correr mais ou menos, sendo que penso que estava "even" (como comecei) quando faltavam apenas dois torneios.

Faltava o $1+r ($60K gtd) e o $16.5 ($3K gtd).

No $16.5 perdi AK vs 66 all-in pré-flop quando faltavam 24 jogadores, mas no $1+r tive bastante sorte e acabei por conseguir ganhar o torneio!



Foi um final de mês bastante... BRUTAL depois de ter passado o mês quase todo entre os $6K e os $7K de banca sem resultados expressivos.



Agora tenho uma banca de $20K, mas não vou jogar mais alto para já, porque embora a minha banca tenha aumentado imenso na última semana, o meu conhecimento do jogo não aumentou assim tanto e não me sinto preparado para jogar os níveis mais altos.

O plano continua a ser concentrar-me no estudo e aplicação dos conceitos em torneios específicos.

No fim-de-semana tirei umas mini-férias da Páscoa e desde Segunda-Feira tenho estado a trazer o meu material de trabalho do escritório para casa e a montar tudo.

A partir de amanhã vou estudar a parte do jogo com menos de 25 Big Blinds e jogar fundamentalmente turbos para aplicar esses conceitos o mais frequentemente possível.

Quando me sentir à vontade nessa parte do jogo, passo para outra área que queira estudar. Uma coisa de cada vez!

Relativamente à sessão que eu gravei onde ganhei o $1+r, eu estou a colocar diariamente de Segunda a Sexta cerca de 20 minutos dessa sessão online na minha página do youtube.

Podem já ver os primeiros 3 episódios online!





Para além dos vídeos em Inglês dessa sessão, também estou a colocar online diariamente de Segunda a Sexta vídeos em Português onde jogo torneios de 180 jogadores de $2.5.

Os primeiros três episódios de cerca de 20 minutos também já estão online!





Se quiserem seguir estes conteúdos podem subscrever o meu canal para serem notificados sempre que eu coloco um novo vídeo.

Ou podem ir seguindo as listas de reprodução que eu criei:


Espero sinceramente que este meu desafio possa ser útil para quem o segue e que possamos aprender e evoluir juntos!