$100K Dia 117

Hoje o objectivo era tentar jogar bem e fazer os pontos para atingir GoldStar.

Joguei os torneios habituais da semana mais alguns sits e consegui os pontos suficiente!



Neste momento tenho 5115 FPPs e agora com o novo nível vou ganhá-los mais rapidamente (2FPPs por VPP), pelo que no final  próximo mês já devo ter o suficiente para um ticket para o Sunday Million (13500 FPPs) e jogar o torneio gratuitamente :)

Hot $33

O dia a nível de resultados estava a ser muito fraco, mas fui-me mantendo no Hot $33 e eventualmente cheguei à mesa final.

A mesa final tinha alguns jogadores a jogar bastante mal e deu para acumular algumas fichas enquanto eles se eliminavam uns aos outros.

Acho que até estarmos 3-handed só tive que mostrar as cartas duas vezes e tive a sorte de ganhar ambas as vezes:

AJ vs AT

KT vs KJ vs AQ

Acabei por ficar 3-handed e perdi all-in pré-flop J7o vs J9s

É ligeiramente EV- de acordo com o equilibrium assumindo que o BB dá call com 32% das mãos.

Eu era o short, tinha 2/3 da stack do 2º e sinceramente achei que ele não me ia dar call com J9s, daí ter achado que era um bom all-in, mas estava enganado.

Nestas coisas é preciso adivinhar muitas vezes e nem sempre acerto nos ranges de call dos adversários.



De qualquer modo foi um excelente resultado e voltámos muito perto da banca mais alta que já tive no desafio!



Obrigado a todos os que me acompanharam na luta hoje!

100K Vlog #24 (Em Inglês)

$100K Dia 116

No Domingo comecei o grind às 9 da manhã

Big $33

A primeira deep run do dia foi no big $33.

Estava com uma stack muito saudável (50 Big Blinds) quando estavam já só cento e poucos jogadores e apanhei o lado errado de um cooler ao ter QQ vs KK 30 big blinds deep.

Ainda sobrevivi, mas uma órbita mais tarde acabei por apanhar mais um cooler onde dei um call muito EV+ com AQ contra AJs, mas infelizmente um dos jogadores nas blinds acordou com QQ e acabei por perder AQ vs AJs vs QQ.

Ainda hei-de ganhar aquele torneio, vão ver! :P

$33 [1R 1A]

Desta vez optei por não fazer o rebuy inicial, sendo que só fiz 1 rebuy porque perdi as fichas todas uma vez e acabei por não fazer o add-on.



Cheguei ao 3-handed com 30 Big Blinds, enquanto que os outros dois jogadores tinham 60BB e 51BB respectivamente.

Estive card dead durante bastante tempo e os meus adversários mostraram força sempre que eu tentei jogar mãos médias/fracas, pelo que não deu para fazer grande coisa.

Houve imensas situações onde um dos outros jogadores esteve all-in, mas o jogador com menos fichas ganhou sempre e não consegui chegar ao Heads-Up.

Depois também se passaram algumas situações super estranhas como esta: A7s vs K8o

Acabei por perder com A7o vs 3-bet grande do jogador na SB.

Se calhar dava para ter feito fold, mas eu estava-me a sentir bastante frustrado por ter corrido tanta coisa mal 3-handed e como já só tinha 14BB enquanto os outros jogadores tinham substancialmente mais, acabei por arriscar no A7.

Pela segunda vez em Julho fiquei em terceiro lugar neste torneio, o que é excelente. No entanto, acho que podia ter jogado o 3-handed de forma diferente e subestimei a pressão que eu conseguia meter nos meus adversários com raises pequenos sendo eu o short.

Gestão de Banca


Ainda acabei o dia ligeiramente positivo e estamos de volta aos $18K!


Em termos de pontos, estou mesmo quase a chegar a GoldStar, pelo que na quarta-feira vou jogar para fazer os pontos que faltam.


A diferença de estatuto acaba por corresponder a mais pontos e por sua vez mais tickets grátis para torneios bons, pelo que acho que vale muito a pena.

$100K Dia 115

No Sábado comecei a sessão às 11 da manhã e o grande destaque do dia a nível de resultados foi o 3º lugar num torneio de $11:

$11 $3K gtd



O torneio estava a correr lindamente até chegarmos ao 3-handed, depois aconteceram estas jogadas:

kdkh

acqs

kdqs

Acho que todos concordamos que KK é mão para dar raise e meter todas e a maioria também vai aceitar o AQ.

O KQ já deve ser mais discutível, mas eu acho que tenho que apostar para valor naquela board e depois o valor do pot já é sensivelmente metade da minha stack com o par mais alto, 2º melhor kicker e o 2º melhor flush draw 3-handed, pelo que acho que tenho que ir all-in.

"Mas, não tinhas medo que ele já tivesse um flush, AK ou AA?" Sim, às vezes vai acontecer, mas em termos absolutos aquela board é muito muito boa para a minha mão estando tão short e 3-handed. Claro que ele quando faz só check behind e raisa o turn vai ser o nuts muitas vezes, mas também é possível que seja um move e eu tenho demasiada equity para fazer fold.

Mesmo contra AA sem espadas eu ainda ganhava com um K, uma Q ou uma espada, o que implica 31.8% de equity!

Dar só call ao raise dele mete-me em situações onde não consigo extrair valor quando tenho a melhor mão e vou pagar no river mãos melhores, então prefiro ir logo all-in no turn.

$1+r $60k gtd

Lembram-se daquele torneio onde ganhei $14K há uns meses? Tive uma deep run nesse outra vez!

Estava a correr super bem, mas depois acabei por perder quando estávamos quase nos últimos 100 jogadores.

QQ vs AK

AK vs AK

AK vs JJ

A 2ª mão doeu muito mesmo porque é uma situação onde perco menos do que 1x em 50 (1.82%)!

A 3ª mão já parecia que os deuses do Poker estavam a gozar comigo, mas pronto, Poker é assim e como eu costumo dizer... isto só não acontece a quem não joga!

Gestão de Banca



Foram 12 horas de trabalho, 4 cafés, um 3º lugar e ainda acabei o dia a perder, mas MTTs é mesmo assim!

É preciso cultivar algumas sementes e umas vezes crescem até se tornarem árvores maduras, outras simplesmente não crescem.

$100K Dia 114

Ontem comecei  sessão um pouco antes das 10:30 e fiz late registration no Big $16.5 começando com 3k fichas.

Big $16.5

Houve duas situações na parte inicial do torneio onde joguei mal e tive imensa sorte:

QJs vs KK

KQs vs AQo

Na 1ª mão devia ter feito check/fold no turn, porque era extremamente improvável ele ter uma mão pior do que a minha.

Na 2ª mão queria experimentar uma jogada que tenho andado a experimentar, que é fazer uma 3-bet de 1/3 da stack e ir all-in em qualquer flop. Neste caso o valor seria em fazer fazer fold a todos os pares que estão à minha frente e numa board com cartas pequenas ao Ax que estão à minha frente, mas não tenho tido grandes resultados com esta jogada e ganhar aquela mão foi quase um milagre.

A partir dali já não foi preciso mais milagres e com um estilo de jogo agressivo e algumas boas mãos, consegui crescer bastante a stack, chegando às últimas mesas do torneio.

Houve uma bad-beat com:

AA vs 88

E um pouco mais tarde estive eu do lado dos 88s com:

88 vs KQo

Depois desta fiquei com uma stack bastante confortável e deu para continuar a meter pressão!

Mais à frente tive a grande badbeat do torneio:

AKs vs AQo

Mas, de modo algum posso-me queixar porque tive imensa sorte ao inicio!

Ainda ganhei uns pots depois e consegui chegar ao top3, mas era a stack mais pequena.

KJ vs A3

Nesta última jogada se calhar posso jogar de forma mais conservadora e dar apenas call ou um raise, mas...


  • O jogador do BTN estava a abrir imensas mãos

  • KJ está bastante à frente do range que ele está abrir, mas não quero jogar sem posição

  • Eu era o short da mesa e como tal era quem tinha o incentivo para arricar

  • Ele dava muitos calls a 3-bets sem ser all-in em posição


Então pareceu-me melhor ir all-in e aumentar a minha stack em 20% na maior parte das vezes. Também queria mudar um pouco a dinâmica da mesa e queria desincentivar a abrir do BTN, porque aí eu podia atacar o jogador na BB mais vezes e crescer a minha stack.



Como disse, tive imensa sorte na parte inicial do torneio! Depois consegui acumular algumas fichas com as minhas mãos marginais e extrair bastante valor das minhas mãos boas, pelo que acho que tirando aquelas duas situações iniciais, foi um torneio bem jogado e deu-me confiança para continuar a fazer as jogadas que correram bem!

Já falei com o Andrew Brokos e vamos fazer um vídeo de coaching a analisar este torneio na próxima semana, pelo que vai ficar disponível ainda em Agosto! :)

Ah..., e ainda ganhei um torneio com quase 500 jogadores!

$8.8 [500 cap] $3k GTD



Confesso que nem estava com grande atenção a este torneio, porque estava com 90% da minha concentração no Big $16.5, mas mantive um estilo de jogo agressivo e deu para chegar à mesa final com algumas fichas.

Deixo-vos aqui as mãos do Heads-Up:

KdAh


8h9s


5d4d


KhTc


Tc3d


7s8d


5d3d


8h9s


9h5s


9sTs


Ac7h


5d2d


6cKh

Algumas mãos podem parecer muito estranhas, mas o que eu tentei fazer foi tentar entender como este adversário pensava e usar isso contra ele, daí aqueles bluffs da mesma forma duas vezes seguidas mesmo depois do 1º não ter resultado, etc.

Eventualmente tive sorte de ficar com um trio e ele meter 46 Big Blinds drawing dead como nós gostamos :)

Estratégia

Tenho-me dado muito bem com o estilo "small pot" e a maior parte dos meus grandes erros tem sido nos grandes all-ins desnecessários e mãos onde eu estou bastante certo que estou batido, mas não consigo deixar o valor absoluto da mão,  pelo que tenho que corrigir isso.

Gestão de Banca



Estou de volta aos $18K e com a confiança no meu jogo restabelecida!

Acho que estes torneios de manhã são muito mais fáceis, porque têm fields pequenos e menos regulares bons, então vou continuar a jogar no horário da manhã nas próximas semanas e ao fim de semana vou abrir torneios até um pouco mais tarde.

O plano é continuar a ganhar experiência nestes fields mais fracos e ir crescendo a banca, de modo a no próximo trimestre poder atacar os torneios de final da tarde onde há os maiores prémios e ter uma hipótese de conseguir terminar o desafio com os $100K.

100K Vlog #23 (Em Inglês)

$100K Dia 113

Acabei por ficar em 64º no Big $16.5 onde perdi all-in pre-flop com JJ vs AQs quando tinha cerca de 20 Big Blinds.



Houve ainda alguns torneios onde me aguentei algumas horas, mas ou estive do lado errado de um cooler ou fiz algum erro que me saiu caro.

Nas primeiras horas da sessão acho que joguei bem tirando duas jogadas onde eu tinha uma read forte para fazer fold e não o consegui fazer baseado no valor absoluto da minha mão.

Algo a corrigir!

Nas últimas horas, acho que me afectou não conseguir concretizar as deep runs e joguei mal nos últimos 2-3 turbos.

Nos próximos dias vou insistir menos em abrir torneios se me estiver a sentir emocionalmente afectado.

$100K Dia 112

No Sábado comecei a sessão às 11:45 com o Big 33 e o último torneio que abri foi o Hot 75 às 19:30, jogando cerca de 8 horas.

$33 [1R1A]

O principal resultado foi a mesa final do $33 [1R1A]



Vamos ver algumas mãos na parte final do torneio que correram mal:

T9s

É uma situação que num sit de 9 jogadores de $33 é super rentável ir all-in contra jogadores regulares porque eles sabem que a nível de ICM é horrível o 2º em fichas pagar um all-in de 20BB contra um range de tipo 30% com ATo. No entanto, o nível de compreensão do ICM nos mtts por parte de muitos regulares de mid-stakes é bastante inferior e isso faz com que a minha jogada tenha sido horrível, já que transformei uma mão que joga super bem em call num semi-bluff desnecessário.

Isto para explicar o porquê de EU ter jogado mal!

88

Algumas pessoas questionaram a minha opção de ir all-in aqui.

Eu acho que não há outra jogada possível!

Se dermos só call ele vai fazer fold a 22-99 muito provavelmente e imagino que vá all-in com AK+, JJ+ ou AQ+, TT+ dependendo do adversário.

Contra JJ+,AK temos 33.3% de equity contra esse range. As contas com os side pots são mais complicadas, mas estamos já temos 1/3 da nossa stack investida e vamos ganhar 33.3% das vezes o side pot mais algumas vezes o pot principal.

Ou seja, é uma situação super marginal em que nem fico contente de dar call nem de fazer fold e podemos estar a cometer um erro para qualquer um dos lados dependendo do adversário.

É também possível que ele decida ir all-in com 99+, AK+ e aí já ganhamos menos de 30%, pelo que não quero mesmo incentivar isso.

Se ele der só call, acho que ele vai conseguir jogar o range dele de forma muito melhor que o nosso range.

Se formos all-in, acho que ele só paga no máximo com TT+, AK+ e no mínimo com QQ+, AK+, sendo que por cada par que ele decida fazer fold a cima de 88, estamos a ganhar dinheiro e metemos a pressão toda nele.

Tivemos azar que ele teve uma mão do top 5% que nos pode dar call, porque 95% das vezes é uma situação tranquila.

AJs

Esta mão foi às 17:08 e já foi jogada de forma automática (e mal), embora tenha sido das mãos mais importantes do torneio, já que era 3handed onde se joga pela maior parte do dinheiro.

Eu ainda não lido muito bem com sessões muito longas e tenho sentido que ao fim de 4 horas a qualidade do meu jogo começa a deteriorar-se.

Vamos ver se isso melhora com alguma insistência...

Hot 33

Para além deste 3º lugar também tive uma deep run no Hot $33



A última mão razoável que tive neste torneio foi um 77 nas últimas 5 mesas, mas que decidi fazer fold porque o jogador da segunda posição tinha raise, eu tinha mais de 15 Big Blinds e faltavam muitos jogadores falar depois de mim.

Já começam a ser algumas deep runs nestes Hots..., acho que está para aparecer aí uma mesa final para breve :)

Gestão de Banca



Finalmente um dia em que acabei positivo!

Cortei nos sit-n-gos porque eles têm um time bank muito muito curto e acho que não combina muito com os torneios regulares, porque tem que se tomar decisões muito rapidamente e acabo por ter pressão extra enquanto jogo os outros torneios. Eu não tenho a certeza da validade disto a nível de gestão de banca, mas neste momento prefiro jogar o Big $8 do que um sit-n-go de $16 na minha sessão de torneios de calendário.

Neste mês também me apercebi que um Hot 33 joga-se de forma diferente de um sit-n-go e um Big 33 ainda de forma mais diferente e eu sei que muitos dos jogadores de sit-n-gos não vão perceber isto, porque eu também demorei bastante tempo a perceber, mas vou tentar explicar.

Num Big 33, passar um 60 40 onde arriscamos a stack toda é aceitável enquanto estamos deep, já que vão haver outras situações melhores para acumular fichas que envolvem menos exposição da nossa stack. Num Hot 33, as coisas são muito mais rápidas e ter uma stack grande logo cedo permite-nos não correr atrás de situações marginais onde vamos ter bastante menos equity 20 minutos depois. No entanto, não é como um sit-n-go onde se perdemos podemos abrir logo outro e ir atrás de qualquer tipo de edge e isso quer dizer que embora se deva correr mais riscos que num Big 33, deve-se correr menos riscos que num sit-n-go.

$100K Dia 111

Perguntas e Respostas

Ontem tinha perguntado qual achavam que era o range para esta situação:  66 vs 3-bet shove 20bb deep.



Tive imensas respostas e agradeço a todos os que responderam tanto na minha página do facebook como no twitter!

A resposta que teve mais sentido para mim foi esta:


Em relação à mão de ontem do AA vs QdQs:

Perguntaram-me porque é que eu faço raise no turn quando já há possibilidades de fullhouse, flush e sequência.

Eu acho que aquela segunda donk-bet mínima representa fundamentalmente um range de mãos que querem uma carta barata ou querem desesperadamente chegar ao showdown e eu com o meu AA estou à frente desse range. Claro que se ele no turn for all-in tenho que reconsiderar a minha situação e aí se calhar só dou call com KK/AA quando tiver o Ac ou o Kc, que aí é mais difícil ele ter um flush e se ele tiver trio ou flush ainda tenho uns 25% de equity.



Ainda pensei um bocado na situação ontem e acho que a melhor forma de manter o meu range equilibrado naquele river é no turn fazer o mesmo com AcKx e KcAx, que aí tenho 6 combinações no turn que são semi-bluffs para 13 de valor (AA, KK, AcKc), sendo que a minha jogada por defeito com essas mãos era provavelmente fazer call e ver se acertava no river.

É importante manter o range "algo wide" para tornar a vida dos adversários mais difícil!

No post anterior tinha-me esquecido de mencionar o AcKc que é uma mão que vai estar no meu range de chegar ao river daquela forma e é mais uma mão com que vou dar call.

Estratégia

Quero falar-vos de uma mão que me aconteceu ontem no Big 33.

O adversário já tinha em algumas situações anteriores mostrado agressividade excessiva com mãos medianas, alguns bluffs e jogava com muitas mãos que eram lixo (Q2 e assim).

Pré-flop

[Kd Js]

Fizeram todos fold até mim e na Sb fiz raise de 2.5 Big Blinds.



Flop

Jc 2h 6d



No flop quis fazer a c-bet, achando que ele ia fazer-me raise com pior (já o tinha visto a fazer isso antes).



Ele dá raise e eu não quero que ele desista do range de bluffs dele, sendo que dou call para o incentivar a continuar no turn.

Turn



O 2 no turn não muda muito.

Embora seja possível ele ter um 2x, na maior parte das vezes vai ter outras mãos, já que há menos combinações de 2x do que do resto.



O plano é fazer outro check/call.

River



Fiz check porque não havia outra jogada possível da minha parte e ele vai all-in



Foi nesta altura que deixei de conseguir raciocinar...

Vou tentar descrever o que se passou na minha cabeça:

O relógio está a contar, o time bank que pode ser vital para mais tarde a ir-se embora e tenho que tomar uma decisão.

"O plano era deixá-lo bluffar ou apostar para valor com pior, mas o A é uma má carta, que faço agora?"

tic tac tic tac

"Ele é mau, ele não sabe o que está a fazer com as mãos dele, deve estar a apostar com pior."

Call.



Pós-River



Voltando agora à mão. Eu acho que joguei de forma bastante racional no flop e no turn e voltava a fazer a mesma jogada.

No river devia ter pensado:

  • "Se ele tiver JQ-J3 ele deve fazer check no river, já que a board ficou super scary e ele vai achar que tem showdown value"

  • "Os draws acertaram todos: 34 é sequência e se ele ficou com um flush draw no turn passou a flush"

  • "Se ele tinha Ace high passou a ter top pair e ele é capaz de fazer uma thin value bet com isso porque não sabe bem o valor das mãos. A5 também é possível"

  • "Só posso ganhar se ele tiver uma mão completamente sem nexo"

  • Só preciso de ganhar 25% das vezes com as odds que tenho, mas acho que não vou ganhar tão frequentemente.


FOLD

Infelizmente quando bateu o A, que curiosamente era a melhor carta para mim já que me permitia fazer um fold claro numa situação onde estava atrás, as minhas emoções tomaram controlo e não consegui aplicar a minha forma racional de analisar mãos.

Isto já vos aconteceu?

No The Mental game of Poker o Jared Tendler fala sobre este problema e como lidar com ele.

The Mental Game of Poker: Proven Strategies for Improving Tilt Control, Confidence, Motivation, Coping with Variance, and More

Pode não parecer uma coisa muito séria, mas honestamente acho que é o que está a deixar-me para trás.

Vou investigar mais sobre o assunto no livro e ver o que posso fazer para melhorar isto.

Gestão de Banca



A banca continua a descer, mas eu sinto que estou a trabalhar diariamente no meu jogo e a melhorar.

Eventualmente acho que algum torneio vai correr bem e vou ter um salto na banca.

Fitness

Ontem quis tentar correr os 10KM, então fui devagarinho e demorei 1 hora e 4 minutos, mas não custou muito.



Nas próximas semanas acho que vou fazer um treino de distância por semana e começar com treinos intervalados para trabalhar a velocidade.

Com a dieta e o exercício já perdi 2KG este mês, o que é excelente!

Posts

Eu tenho estado a demorar cerca de hora e meia a escrever cada post, mais meia hora a traduzi-los.

Isto são duas horas de trabalho extra para além de jogar, estudar e tentar responder a todos os que me deixam perguntas/comentários.

Todo o meu conteúdo tem sido gratuito e vai continuar assim até ao final do ano, mas se gostarem peço-vos por favor para partilharem nas redes sociais ou pelo menos meter um like que isso para mim é importante.