$100K dias 153-159

quarta-feira, outubro 23, 2013

Na semana passada decidi que tinha que parar de jogar e estudar já que não tinha estudado muito desde o inicio do WCOOP.

Comecei por rever as gravações das sessões de coaching que tive com o Andrew Brokos.

Achei a primeira gravação muito interessante e pareceu-me que podia ser útil para quem me segue, então partilhei-a na minha página do youtube



Depois estive a fazer o programa de coaching do meu colega de equipa do Caio Pessagno, que custou sensivelmente €830.

O Coaching consistiu em 16 horas distribuídas por 4 dias diferentes em que nos primeiros 3 dias os alunos tiveram acesso a um streaming de conteúdo gravado anteriormente e no 4º dia a possibilidade de tirar as dúvidas com o Caio.

Foi bastante interessante vê-lo a explicar a forma de analisar o jogo dele e certamente aprendi bastante.

Ele joga bastante loose e procura sempre manter o range dele o mais aberto possível enquanto através de apostas, ou da falta delas vais adquirindo mais informação do range do adversário e tornando-o cada vez mais estreito. Depois chega ao ponto em que ele consegue fazer uma decisão melhor do que a dos adversários já que é mais fácil jogar contra ranges estreitos do que contra ranges abertos.

De resto..., com muitos anos de experiência e muitas horas de trabalho e estudo ele sabe jogar muito bem o estilo dele e é bastante bom a jogar pós-flop, luta de blinds, não arriscar mais do que o necessário e a estar um nível à frente dos adversários.

Pessoalmente não recomendaria o coaching dele a jogadores iniciantes, pois acho que ao jogar um jogo mais loose vão-se meter em situações que não vão saber jogar, acabando por cometer erros e perdendo mais dinheiro do que se jogassem mais tight. No entanto, acho que tem bastante valor para o jogador que já entende a razão de jogar certas mãos de certa maneira e está à procura de algo mais para acrescentar a um jogo já sólido.

Acho que vou conseguir aplicar alguns dos conceitos que aprendi neste coaching até ao final do desafio, mas não a totalidade, porque em alguns casos seria um desvio muito grande do meu jogo habitual e eu iria acabar em situações que não estou habituado e que ia precisar de algum tempo (que não tenho agora) para as dominar.

Não sei quando vai ser o próximo coaching dele, pelo que recomendo seguir o blog dele e podem ver uma parte do coaching na página dele no youtube.

Fim-de-semana

No Sábado estive a jogar, mas não tive nenhum resultado de relevo e acabei o dia a perder.

No Domingo escrevi o seguinte texto na minha página do facebook antes de começar a sessão:



Nos Biggest e no 800M não tive nenhum resultado de relevo, mas fiquei em 13º no Sunday Supersonic!



A mão final foi um ATo vs QTo vs AKs inevitável quando tinha apenas 2 Big Blinds.

Como havia a possibilidade de acabar o desafio ganhando este torneio, comecei a gravar o torneio quando já só estavam 40 jogadores.


Depois ainda tive uma deep run no Sunday Million e terminei em 118º!



Aqui perdi numa situação que era evitável (AQ vs TT), mas não me arrependo da minha jogada, sendo esta a explicação que dei aos meus seguidores:



Banca

Com mais um ou dois all-ins ganhos podia ter ficado muito perto de terminar o desafio, mas infelizmente não aconteceu.

A banca manteve-se mais ou menos na mesma e agora é continuar a estudar e tentar estar preparado para o caso de aparecerem as situações onde eu posso completar o desafio com os $100K!



Conteúdo

Até ao final do desafio vou deixar de escrever os posts diários no blog porque as sessões são muito grandes e não me sobra tempo.

As discussões de mãos vão ser feitas na minha página do facebook onde posso partilhar as mãos logo depois de as jogar e trocar ideias com quem me segue.

Em vez dos blogs diários, vai haver um resumo semanal como este e o vlog semanal.

Vou tentar investir mais tempo em vídeos que possam ser úteis para quem me segue, com mais análise de mãos e de torneios, pelo que se ainda não me seguem no youtube, recomendo que subscrevam o meu canal!

Também pode gostar de

8 comentários

  1. se aquele AQ fosse evitado nao tenho duvidas que xipavas o torneio :)

    ResponderEliminar
  2. Boa noite andre coimbra noto que na maioria dos torneios que chegas a FT tendes em fazer chop mesmo com 3 ou mais jogadores. Deve se esta situação ao facto de estares desactualizado ou teres perdido experiencia enquanto jogavas HT sat. pois nesses nunca existe HU.
    Obrigado pelo tempo já que tempo é dinheiro
    Aguardo resposta

    ResponderEliminar
  3. Parabéns pelo post, e por optar pelo coaching de Pessagno! Sou brasileiro e acompanho ele nas redes sociais, onde encontrei a citação do seu blog. Ainda não tenho condições de fazer o coaching mas procuro acompanhar as publicações dele, que foi por um grande período, o líder mundial do ranking da Pocket Fives (http://www.pocketfives.com/rankings/) e hoje está na quarta colocação. Grande abraço!

    ResponderEliminar
  4. Eu não tenho muita experiência em HU, pelo que normalmente assumo que o edge não está do meu lado e sempre se corta na variância.

    ResponderEliminar
  5. Nunca vamos saber

    ResponderEliminar
  6. Boas André, estou a procura de um coach online e gostaria que me pudesses ajudar. Tenho focado o meu jogo em cash NL 6-max (niveis 0.5/0.10) e alguns MTTs. Não tenho nenhum budjet definido mas não posso estar a gastar muito. Conheces alguém? Ou algum site onde possa dirigir? Abraço

    ResponderEliminar
  7. Olá Rafa,

    http://luckyladiespoker.blogspot.pt/p/info-soro-coaching.html

    Abraço

    ResponderEliminar