O que vou jogar em 2014?

sábado, janeiro 11, 2014

Nos últimos meses do ano passado uma pergunta frequente foi o que é que eu ia jogar este ano e embora fosse um tema em que eu pensasse bastante, não quis tomar nenhuma decisão até ao final do ano, porque cada uma das 3 vertentes apresenta algumas vantagens.



Torneios

Eu acho os torneios muito interessantes do ponto de vista competitivo e representam um bom desafio intelectual com a diversidade/complexidade de situações que apresentam.

Acaba por ser também o formato que também dá mais visibilidade e isso como jogador patrocinado tem valor como é óbvio.

Também gostei bastante de trabalhar com o Carlos Branco nos últimos meses do ano, onde deu para revermos algumas mãos juntos e acompanhar as deep runs um do outro e acho que isso será também uma razão para continuar nos torneios, já que gostei do ambiente de trabalho.



No entanto, acho que é a pior opção em termos de qualidade de vida, já que os grandes torneios online começam ao final da tarde em Portugal e é preciso passar várias horas seguidas em frente do computador com apenas 1 intervalo de 5 minutos em cada hora . Também não permitem definir muito bem os horários, já que nunca sabemos exactamente quando vai terminar cada sessão.

A nível financeiro é possível ganhar bastante dinheiro a jogar torneios! A PokerStars faz um excelente trabalho a promover os seus torneios e com o sistema de satélites torna possível jogadores jogarem um torneio onde nunca fariam uma inscrição directa. Isto é para mim a principal vantagem a nível financeiro dos torneios em comparação com os sit-n-gos e com os cash-games, pois o mesmo não acontece nestes.

No entanto, preocupa-me a consistência de resultados que se consegue obter num ano de torneios, já que a maior parte do dinheiro vai ser disputada em meia dúzia de situações raras ao longo do ano e os resultados vão variar muito em função de como correm essas situações.

Sit-n-gos

Eu ainda me sinto confortável em relação ao meu jogo de sit-n-gos e o meu colega de equipa Jorj95 acha que eu ainda consigo bater os mid-stakes dos hypers, pelo que também é uma opção.



Nos Sit-n-gos posso fazer sessões mais curtas do que nos Torneios e ter mais controlo sobre os horários em que jogo. Em termos de horário também é melhor, porque jogando satélites termino as sessões quando começam os grandes torneios online, o que implica terminar as sessões ao final da tarde, em vez de as começar!

Consigo resultados com mais consistência ao longo de um ano desde que não me aventure em limites super altos que só se joga durante alguns meses.

Por outro lado em termos de imagem é pior, já que bons resultados em torneios geram mais notícias e o meu potencial de crescimento/progressão é bastante mais limitado.

Cash Games

O jogo parece-me ser bastante interessante, dá para fazer sessões curtas como nos sit-n-gos e tem tanto ou mais potencial de crescimento do que os Torneios.

Tal como os sit-n-gos, tem menos visibilidade do que os Torneios, mas mesmo assim um pouco mais do que os sits. Agora, a grande desvantagem é mesmo o tempo de aprendizagem, já que teria que começar praticamente do 0.

Que jogo vou jogar?

2013 foi um ano extremamente difícil onde sacrifiquei muito em termos de qualidade de vida para levar este desafio até ao fim e embora tenha sido uma experiência com bastantes pontos positivos, acabei o ano sem lucro (como seria esperado) e extremamente cansado.

A questão da qualidade de vida foi o principal factor para decidir NÃO continuar nos torneios.

Após conversar com o André Santos que é um dos melhores jogadores do mundo de cash-games, estava mais virado para cash-games (Pot-Limit Omaha) na parte final do ano.  A ideia de aprender um jogo com grande potencial de evolução e continuar a trabalhar com os jogadores do escritório agradava-me imenso!



Mas, com os outros projectos que tenho em mente para 2014 (escrever 1 livro, fazer videos, etc), não me ia poder dedicar o ano todo a cash-games, pelo que o mais provável seria não ganhar grande coisa este ano enquanto aprendia o jogo.

Uma das coisas que aprendi em 2013, é que é fácil falar em longo prazo e tomar decisões a longo prazo (anos) quando estamos a ganhar dinheiro, a ver a conta bancária a crescer, etc, mas depois de dois anos onde a minha conta bancária não cresceu, prefiro tomar a decisão que é melhor a nível financeiro a 1 ano, que é voltar aos sit-n-gos (hypers).

Isto não quer dizer que não me aventure em alguns torneios ao Domingo e durante o SCOOP/WCOOP, especialmente os mais rápidos, mas não vai ser o meu formato principal.

Também pode gostar de

46 comentários

  1. Falaste no teu post que tens como planos continuar a fazer videos... Apenas o vlog semanal ou vais tentar fazer alguns videos de sessões / coaching como fazias com os mtts ?

    ResponderEliminar
  2. Vou continuar a fazer vídeos como fazia antes com sessões/coaching de torneios com 9 jogadores ou mais e penso fazer alguns mais específicos como como usar o holdem manager e tópicos que me possam ir pedindo para falar.

    ResponderEliminar
  3. Obrigado! :)

    ResponderEliminar
  4. André, faz para os seus seguidores vídeos de sessões / coaching em português dos hyper-turbos. É o meu formato preferido de jogo e eu quero me aventurar nos micro stakes esse ano.

    ResponderEliminar
  5. Nao achas que jogar hyper turbos jogas pouco poker, e mais flips, muitas vezes desfavoraveis?

    ResponderEliminar
  6. Boa decisao! Primeiro de tudo acho que 2013 foim um bom ano para ti, mas concordo que nao foi saudavel do ponto de vista financeiro e do dia a dia, 70k de dolares nao era um valor muito rentavel para um pro player, isto claro se decidisses que ias continuar com torneios...Acho que primeiro de tudo devias de explicar ou recomendar algp para que os teu seguidores percrbam bem como funcionam os sng, tanto single como multi tables e ate os fifty50 para que o pessoal nao se senti-se de todo confuso (:. Bom 2014 tanto prossional como pessoal e que cheguem rapido os primeiros resultados e videos, hehe.
    p.s. escrita pessima pois estou no smartphone...

    ResponderEliminar
  7. Achas bom para construir bankroll os hyperturbo? sng 6-max

    ResponderEliminar
  8. Em que limites de Sng 6max ST e SST achas q ainda é possivel ter algum edge sobre a concorrência? Sem falar dos limites inferiores a $7, achas q é possivel acabar o ano positivo pre rakeback nos limites superiores? Muito sucesso para este ano é o q te desejo e para todos os portugueses que trabalharem para isso :)

    ResponderEliminar
  9. Ola Andre. Vais-te dedicar a sng STT ou MTT?
    GL

    ResponderEliminar
  10. Eu consigo jogar um volume muito grande num ano, na casa das dezenas de milhares de hypers e os edges pequenos sobressaem ao fim de tantos torneios.

    ResponderEliminar
  11. Não recomendo os hypers para construir banca, porque há pouco conteúdo sobre o assunto disponível e é importante já saber usar ferramentas de ICM e holdem manager para analisar o jogo e os adversários, o que normalmente os iniciantes não sabem.

    A minha recomendação para construir banca são os MTTSNG que têm stakes bastante baixos ($0.25+) e já há bastante informação sobre como os jogar disponível inclusivamente gratuita (na minha página do youtube por exemplo)

    ResponderEliminar
  12. Se houver muitos seguidores interessados em depois faço, mas eu mais tarde faço uma votação!

    ResponderEliminar
  13. Satélites hyper-turbo, que é o jogo que jogava antes de 2013
    Obrigado!

    ResponderEliminar
  14. Boas já algum tempo que tenho interesse nos Hyper mas onde arranjar material?

    ResponderEliminar
  15. Ou seja jogas os satélites e ficas com o buy in do torneio?

    ResponderEliminar
  16. Não há que eu saiba.

    ResponderEliminar
  17. Acho que é possível em qualquer limite, mas o grau de dificuldade aumenta substancialmente à medida que aumentas os limites.

    Obrigado!

    ResponderEliminar
  18. Obrigado!

    É uma ideia interessante! Talvez faça um vídeo mais tarde ou um post sobre o assunto :)

    ResponderEliminar
  19. Na minha opinião fazes bem André.. penso que a consistência financeira é muito importante a nível psicológico.. É muito importante ter "margem de manobra" quando se vai para algo novo e onde a variância de resultados é maior.. Desejo-te um bom ano nos SNG para que, se assim o escolheres no futuro, abordares outra vertente muito mais tranquilo..

    ResponderEliminar
  20. Obrigado Daniel!

    ResponderEliminar
  21. Uma pergunta Acoimbra - Consigo Trocar ou Sacar esses Valor $TS , ou servira apenas para jogar torneios ! abraço

    ResponderEliminar
  22. André, antes de mais tudo de bom para 2014 tanto no poker como a nivel da tua vida pessoal.
    Agora, e embora o tema seja outro, gostaria de te perguntar um aparte. Para iniciantes que informaçoes achas que são as principais a meter no Hold'em manager acerca do Jogador? Muito Obrigado e continuaçao. Abraço ;)

    ResponderEliminar
  23. Há quem troque t$ por $. Eu costumava trocar até t$530 e cobrava $3 por troca. Ou podes passar um dia a jogar sngs normais e converter... Abraço

    ResponderEliminar
  24. Olá Pedro,

    Obrigado e desejos de sucesso para ti também!
    Eu acho que começar com o VPIP e PFR já ajudam bastante, depois à medida que vais ganhando experiência adicionar total aggression, 3bet, fold to 3bet e por aí
    Abraço

    ResponderEliminar
  25. Boa Noite,

    Como a maioria, sigo-te silenciosamente. Raramente comento mas a verdade é que o teu blog é um dos mais interessantes que conheço e faço questão de o seguir diariamente.
    Hoje, fujo à regra e troco o habitual silêncio por uma palavra de motivação. Força Coimbra! Este ano vai ser o teu melhor ano como jogador de póker! Confiança.

    Muito obrigado por manteres este blog sempre atualizado e progressivamente mais e mais interessante. Tudo de bom.

    Cumprimentos,
    Pedro

    ResponderEliminar
  26. Boas André,
    Para ficares com o buy in do torneio tens de te inscrever num satelite no qual o torneio não esteja a decorrer ou proximo de começar certo?
    Tendo em conta o ponto em cima mencionado, quando ganhas o satelite o dinheiro vai logo para a tua caixa, ou tens que ir ao lobby do torneio em questão e cancelar a incrição?
    Obrigado por manteres o teu blog atualizado, tal como já li aqui eu tambem gostaria de ter a oportunidade de aprender um pouco mais sobre os hyper turbo, como tal segue aqui mais um voto para que postes uns vlogs sobre o assunto.
    Boa sorte para este ano nas mesas!
    Cumpts,
    Cláudio

    ResponderEliminar
  27. Boa decisão André. Afinal, todos estamos nisto para ganhar dinheiro, entre outras coisas. "But, at the end of the day it´s all about money"!

    ResponderEliminar
  28. Olá André!


    Acompanhei a jornada já no final.


    Realmente é dificil acreditar! haha
    Parabéns!


    Poderia fazer um post sobre o BRM nos sit hypers. E também sobre essa história de vender ou converter T$. Como é isso?

    ResponderEliminar
  29. Obrigado!
    Eu acho que o dinheiro não é tudo, mas definitivamente conta bastante.

    ResponderEliminar
  30. Obrigado Pedro! :)
    Tudo de bom para ti também!

    ResponderEliminar
  31. Olá Rafael!
    Obrigado!
    Não acho que tenha conteúdo para um post, pelo que te vou responder aqui.
    Há dias em que perdi ou ganhei 100 buy-ins nos hypers, portanto eu recomendaria 200 buy-ins no minimo, ou 300 se não quiseres descer muito de níveis.

    Relativamente ao t$, lê na parte final desta página: http://www.pokerstars.pt/poker/tournaments/about/

    ResponderEliminar
  32. Tens como explicar melhor o que faço com o t$ ?

    Tenho alguns deles, mas nao sei como transformar em dinheiro.

    ResponderEliminar
  33. [...] relação ao que vou jogar, podem ler o artigo que escrevi sobre o assunto aqui neste [...]

    ResponderEliminar
  34. Olá Coimbra, sou do Brasil e admiro muito o seu trabalho. São poucos os jogadores que dedicam tanto tempo colocando conteúdos gratuitos pra estarmos aprendendo.

    Em 2014 penso em me aventurar e dedicar meu tempo em outra modalidade. Irei jogar HT 9-max e existe pouco conteúdo sobre HT na internet, mesmo conteúdo pago. Penso que turbo e hyper-turbo serão os jogos que irão dominar o poker online em poucos anos (tanto em SNG, como já vemos, como em MTT).

    Pretendo começar jogando os $3,50 e depois ir subindo de stake, gradativamente, até chegar nos jogos mais caros onde mesmo sendo pouco lucrativo ainda pode-se lucrar com o rakeback. E, no futuro, se tudo der certo, migrar para os 6-max.


    Sou jogador profissional e vivo exclusivamente do poker, mas não vivo meu melhor momento (não em termos de grind e sim na vida pessoal). Minha auto-estima está lá embaixo e não tenho confiança como antigamente para poder me aventurar sozinho em uma modalidade onde não tenho quase nenhuma experiência.

    Gostaria de saber de vc, se vc teria interesse em fazermos um deal de stake, trocando % do lucro e incluindo coach. Seria uma honra poder trabalhar com vc. Irei deixar meu contato pra que vc possa me dá uma resposta: prymell007@gmail.com. Mesmo que seja negativa a resposta, por favor me contate. Aguardo sua resposta.

    ResponderEliminar
  35. André Brito Coimbra11 de março de 2014 às 11:21

    Joga torneios que não sejam satélites. A entrada em em t$ e a premiação em $.
    Outra hipótese é trocar t$ por $ com outro jogador, mas normalmente tem que pagar uma taxa.

    ResponderEliminar
  36. André Brito Coimbra11 de março de 2014 às 11:24

    Obrigado pelo seu interesse!
    Neste momento não estou a dar nem coaching nem staking, mas se mais tarde eu começar a dar, eu vou mencionar no meu blog e na minha página do facebook.
    De qualquer modo, se é ganhador noutro formato e não está numa fase boa (mesmo a nível pessoal), se calhar não é boa ideia mudar-se para um formato com tanta variância.

    ResponderEliminar
  37. […] este post: http://acoimbra.pt/2014/01/o-que-vou-jogar-em-2014/ Acho que responde às suas perguntas. […]

    ResponderEliminar
  38. […] o link de um bom artigo do portuga André Coimbra como sugestão para traçarem metas para o ano de […]

    ResponderEliminar
  39. Bastante interessado!

    ResponderEliminar

Posts Populares