Balanço de Janeiro

O primeiro mês do ano já acabou e está na altura de fazer um balanço do mês!



A nível de trabalho o ano começou com o PCA, que joguei pela primeira vez e agradeço à PokerStars por me patrocinar neste evento tão espectacular!

Sinceramente gostei muito mais desta experiência do que a que tive há uns anos atrás no World Series of Poker. O PCA é um torneio com maior qualidade, horários melhores para os jogadores e o salão onde se realiza é muito mais agradável, havendo imenso espaço entre as mesas de jogo!



Acabei por perder no 2º dia do torneio durante a mesa da televisão e expliquei a minha linha de pensamentos na minha página do facebook.



Depois de falar com outros jogadores sobre a jogada e pensar um pouco mais, acho que a jogada correcta era check/call no turn e fazer fold no river num A ou num K.

De qualquer modo, eu errei e em torneios é mesmo assim... Faz-se um erro e estamos fora!

Depois a nível de trabalho, houve algumas reuniões da Team Online e fui entrevistado pela Sarah Grant:



Ainda aproveitei para fazer algumas coisas de lazer e vou deixar aqui algumas fotografias:



(Acabámos por ir ver os golfinhos este ano)


(Jogo de Basket matinal da Team Online)



(Kat, Kathleen e Tyler no stand-up comedy) (Às vezes também sou eu que tiro as fotos... :P)



(A equipa reunida durante a festa do PCA)

Fica também aqui o fogo de artifício que a PokerStars ofereceu aos jogadores que participaram no PCA para começar a temporada:



Online

Voltei a Lisboa dia 14 e não tive muito tempo para descansar devido aos objectivos a que me propus este ano!

Joguei alguns torneios ao longo do mês começou bastante bem logo com um grande resultado dia 19!



Acabei por ganhar mais do que o adversário (Stefan Jedlicka) porque fizemos um acordo de divisão do prémio quando chegámos ao Heads-up e nessa altura eu tinha mais fichas.

Infelizmente no resto do mês os torneios não correram muito bem e perdi uma boa parte do que ganhei neste torneio, mas não deixou de ser um excelente começo para quem só está a jogar uns torneios de vez em quando!



Por outro lado, voltar aos hypers não foi nada fácil!

Já não os jogava há mais de 18 meses, os $74s estavam cheios de jogadores regulares e se eu queria fazer Supernova Elite este ano tinha que voltar a ser ganhador rapidamente...

Comecei por jogar poucas horas por dia e passar várias horas a rever os meus jogos e os jogos da Katerina no ICMIZER.

Rapidamente apercebi-me que muito do que eu tinha calculado em 2010/2011 já estava desactualizado. Os jogadores hoje em dia jogam muito melhor do que os jogadores que jogavam há 2-3 anos atrás e as falhas são muito mais subtis na maior parte dos casos.

Acho que uma coisa positiva foi que eu estava com uma mente muito aberta sobre como jogar e procurei entender o melhor possível as situações mais comuns e como ajustar os meus ranges quando algumas variáveis mudam.



Acabei por perder $814, mas se contabilizarmos os 68% de retorno do rake de ser Supernova Elite ainda dá para ficar $2191.6 positivo.

Isto somado ao valor que ganhei nos Torneios, acabou por ser um excelente mês, especialmente se tivermos em conta que só pude jogar online metade do mês e passei uma boa parte do tempo a estudar.



A nível de VPPs, cheguei aos 27,4K...

É importante mencionar que até atingir 1 Milhão de VPPs este ano, tenho um mínimo de 50k VPPs/mês para manter o estatuto e só posso falhar dois meses.

Infelizmente, já falhei o mínimo em Janeiro, portanto já só tenho mais um mês em que posso falhar...

O lado positivo é que se fiz 27,4K em meio mês onde passei uma boa parte do tempo a estudar, as perspectivas para fazer 50k+ VPPs/mês são boas!

Fevereiro

A nível de hypers o meu plano é o seguinte:

Segunda, Terça, Quinta, Sexta: Estudar 2 horas, jogar 2 horas e fazer 1-2k VPPs/dia

Sábado: Estudar 2 horas, jogar 6 horas, fazer 5-6K VPPs

Domingo: Jogar 8-12 horas, fazer 10K VPPs

Se calhar o titulo do meu artigo de Fevereiro para a PokerStarsblog vai ser "5 dicas para fazer Supernova Elite em part-time"...

Pronto, se calhar com aquelas horas todas ao fim-de-semana já não se qualifica como part-time, mas agora a sério..., a razão de estar a fazer esta gestão de tempo é que quero dedicar cerca de 16 horas semanais para o meu livro, umas 4-6 horas semanais para produzir conteúdo online e ainda ter algum tempo para fazer exercício e cuidar de mim.

É difícil gerir tudo e às vezes as coisas não correm como as planeamos, pelo que é perfeitamente normal que aconteça 1 ou 2 vezes por mês onde eu tenha que tirar um dia ou outro extra para descansar ou para trabalhos relacionados com o meu patrocínio, mas, é mesmo assim!

Não vai ser um ano nada fácil e há muito trabalho pela frente, mas acho que o importante é tentar dar sempre o meu melhor e esperar que chegue! :)

Um bom Fevereiro para todos os que me seguem!