Meia Maratona de Lisboa

quinta-feira, março 27, 2014

Um dos objectivos que defini no início do ano foi correr uma maratona.

Muito sinceramente não tenho muito jeito para correr e a maior prova que tinha feito antes de 2014 tinha sido a Corrida do Tejo (10KM) há quase dois anos atrás, pelo que tinha/tenho muito trabalho pela frente para atingir este objectivo!

A primeira coisa que fiz no inicio do ano foi pesquisar no google "Como correr uma maratona" e o primeiro resultado que encontrei foi a página do Carlos Fonseca. Tenho seguido o plano para "atletas estreantes" à medida que posso, sendo que na maior parte das vezes acabei por correr 3x/semana em vez de 4x/semana, mas tem aparecido muito trabalho inesperado na forma de entrevistas, artigos, etc e acabo por dar prioridade ao trabalho sobre este meu hobby.

De resto tenho estado a ler o "Daniel's RUNNING Formula".

O autor fala sobre as suas conclusões de anos de pesquisa e preparação de atletas de vários níveis de competência, incluindo alguns atletas olímpicos.



Para a Meia-Maratona o meu objectivo era terminar a prova a correr, sendo que a minha velocidade alvo era 9-10KM, já que era a velocidade que consegui nos treinos com alguma consistência.

Deixo-vos aqui os dados da minha prova gerados pela aplicação do Runkeeper.

1966274_602943949794578_1708012871_o

 

A maior distância que tinha conseguido antes da prova tinha sido 16KM, pelo que o salto para os 21KM não foi trivial! A prova começou relativamente mal, já que estavam muitas pessoas a caminhar na ponte e os primeiros quilómetros foram uma verdadeira corrida de obstáculos onde me tentava desviar dessas pessoas. Depois de sair da ponte já havia uma divisão entre as pessoas das caminhadas e quem queria correr, pelo que foi um grande alivio poder correr à vontade!

Nesta altura a minha preocupação era não me cansar demasiado para não quebrar mais tarde, pelo que fui a uma velocidade onde me senti confortável  e ia vendo as outras pessoas a passarem por mim.

Atingindo os 16KM ainda me estava a sentir bastante bem, acho que a adrenalina da prova mais a constante hidratação graças às águas que a organização oferecia de 2 em 2KM deu para continuar depois de ultrapassar o meu recorde pessoal anterior.

Nos 4KM seguintes continuei a sentir-me bem e nesta altura já reconhecia algumas caras que tinham passado por mim há uns quilómetros atrás a correr, mas que agora iam a andar!

No último quilómetro já senti realmente o cansaço, e já me doía o corpo todo, mas não ia desistir quando faltava menos de 5% da prova...

IMG_0810

(Eu com a minha irmã depois da meia maratona)

Agora tenho que ver o calendário de corridas na zona de Lisboa e escolher quais vão ser as provas que vou utilizar para me ir testando até à Maratona de Lisboa.

A nível de treinos, quero começar a introduzir alguns treinos diferentes para começar a trabalhar na velocidade.

Já agora... um pequeno desabafo:

Às vezes ouço amigos/familiares a falarem em sair, mas acabam por ir a sítios fechados como centros comerciais, lojas, etc. Pessoalmente acho cada vez mais aborrecido estar fechado nesses centros de consumo e gosto muito mais de ir correr no parque, sentir as árvores, o vento na cara, às vezes chuva, etc. Basicamente sinto-me muito mais vivo e a verdade é que mesmo correndo algumas vezes à chuva este ano, ainda não fiquei doente!

No ano passado com o desafio e as sessões enormes de torneios, passei imenso tempo fechado, fiquei algumas vezes doente e senti muito a falta deste contacto com a natureza!

 

Também pode gostar de

4 comentários

  1. Boas André.
    Um dos meus objetivos em 2013 também foi conseguir correr uma maratona, algo que concretizei em novembro na maratona do Porto! E quando fiz esse objetivo levava apenas um ano de treinos, pois só comecei a correr em setembro de 2012.
    O maior conselho que te posso dar é que se efetivamente quiseres realizar este objetivo vais ter MESMO de treinar e deves saltar o mínimo número de treinos - e sim, com 3 treinos por semana, consegues fazer uma maratona.
    Inicialmente também li a informação constante na página do Carlos Fonseca, bem como no cada vez maior número de blogs/páginas do facebook dedicadas à corrida, sendo que outro conselho que te posso dar é seguires um plano de treinos o mais simples possível; para mim chega definir correr x vezes por semana (normalmente são 3x), com distâncias e ritmos diferentes em cada treino. Em myasics.com consegues definir um plano de treinos simples, foi o que segui e correu (quase) tudo como o previsto.
    Por último, outra dica: se puderes inscreve-te antes na Maratona do Porto (2 de novembro) ao invés da Maratona de Lisboa (5 de outubro), isto porque em novembro, no Porto, vais ter uma prova com um tempo bem mais agradável para correr do que em outubro em Lisboa - presumo que tal como eu não tenhas apreciado o calor sentido na meia-maratona de Lisboa... Além disso, terás mais um mês para treinar e sobretudo não esquecer que os últimos dois meses antes da prova são aqueles que exigem um treino semanal mais longo - a determinada altura podem chegar aos 32/35 kms, dependendo do plano que sigas, agora imagina a fazer isso em Julho e Agosto. É possível, mas tens de sair para correr às 6 da manhã.


    Boa sorte para este objetivo, bem como nos outros que tens, no poker e sobretudo na vida! GG, abraço!


    Alexandre

    ResponderEliminar
  2. Só água não serve, tens de meter uns sais ou tomar uns géis por causa do sódio perdido, magnésio, etc. Boa sorte! :)

    ResponderEliminar
  3. Boa sorte, André! Devagar se vai ao longe e se estás a evoluir é porque estás no caminho certo ;)

    ResponderEliminar
  4. […] meu post sobre a meia-maratona tinha escrito que me sinto mais saudável e melhor quando corro regularmente e o oposto é verdade […]

    ResponderEliminar

Posts Populares