Os 5 livros que mais me influenciaram

Agora há alguns saldos nas livrarias, portanto se precisarem de sugestões para leitura, deixo-vos aqui os 5 livros que mais me influenciaram.

books

Leaders Eat Last

leaderseatlast

Este livro ajuda-nos a perceber como é que nós funcionamos, como é que os nossos instintos primais podem não ser óptimos para a sociedade moderna e a importância de trabalharmos em conjunto para o bem comum. É uma leitura muito fácil!

Open

open

Lembro-me de ver o Andre Agassi a destruir no ténis e pensar que estes atletas de topo eram pessoas completamente diferentes de nós. Nesta biografia podemos entender melhor o percurso dele, os problemas dele e perceber que tal como nas nossas vidas, as coisas não são nem perfeitas, nem fáceis, mas possíveis!

Rich Dad Poor Dad

richdad

Provavelmente o melhor livro sobre finanças pessoais.

The Brain That Changes Itself

thebrainthatchngesitself

Este livro fala sobre a plasticidade do nosso cérebro e como isto nos afecta de forma positiva e negativa no dia-a-dia. Trata de temas importantes de forma muito ligeira e fundamentalmente em forma de histórias de vida. Se esta descrição não parecer muito interessante... Um dos capítulos é sobre os efeitos da pornografia no cérebro e personalidade. Acho que este é provavelmente o tema mais tabu na nossa sociedade e penso que só com informação e compreensão é que se pode mudar um pouco isso.

The Power of Now

powerofnow

Este é um livro de orientação espiritual que achei bastante interessante. Isto não quer dizer que acredite em tudo o que está escrito no livro, mas as técnicas de meditação mencionadas e uma perspectiva diferente penso que justifiquem a leitura.

Onde comprar?

Em relação a livros físicos, eu costumo encomendar do bookdepository.co.uk, já que os portes para Portugal estão incluídos, mas também já me disseram que fica mais económico comprar em 2ª mão na loja da amazon.co.uk (mesmo pagando portes). Se preferirem em Português podem encontrar alguns nas livrarias em Portugal (fnac, bertrand, etc) mas por norma é mais caro!

E-books compro na amazon para a app kindle.

Se já leram algum dos livros, podem deixar um comentário com a vossa opinião sobre o livro, que é interessante para mim e pode ajudar quem esteja indeciso.

Um feliz ano novo!

 *Eu meti links do bookdepository.co.uk onde recebo uma pequena comissão se comprarem pelo meu link. Infelizmente não vou enriquecer com esta comissão, mas uso-a para comprar mais livros e para vocês não tem qualquer tipo de ónus, já que pagam o mesmo valor no site quer comprem pelo meu link quer não comprem. Isto por uma questão de transparência!

Introdução aos beijos a Gregos

Como devem imaginar pelo titulo, este post não vai ser sobre Poker!

Hoje vou-vos falar sobre o que aprendi sobre beijos na Grécia!

10509767_10152657265963019_2784565919923614640_n

 

Homem e Mulher

Já fui a algumas celebrações de aniversários na Grécia e uma coisa a que ainda não me habituei é quando em meios informais as mulheres estendem sempre a mão tanto para cumprimentar como para despedir quando somos apresentados.

Isto sempre foi muito estranho para mim, até porque eles são mais de toque do que os Portugueses, pelo que fico sempre com uma sensação que a pessoa quer distancia ou algo do género...

stock-images-boy-and-girl-handshaking-among-blossoming-dandelions-47339083

Mas, não é verdade! Parece que Grécia quando um homem é apresentado a uma mulher, a saudação habitual é um aperto de mão!

Isto em meios formais é algo que nós cá praticamos, mas em meios informais em que as pessoas são da mesma idade...

Por outro lado, a Katerina diz que para ela também é estranho os homens em Portugal darem-lhe logo dois beijos na cara mal são apresentados.

Diferenças culturais...

Homem e Homem

Já me aconteceu algumas vezes tentar dar um abraço de despedida a um amigo Grego e ter um retorno semelhante ao da foto em baixo...

berl9

 

Deve ser semelhante em Itália e podem ver a cara de desconforto do Bush!

Parece que lá eles não usam o abraço entre amigos homens como despedida, mas sim dois beijos na cara. Talvez um pouco como aqui fazemos com familiares mais próximos?

Um problema com isto, é que na Grécia a moda é os homens terem as barbas grandes, então isto às vezes cria alguma irritação na pele!

Finalmente comecei a levar a sério as mulheres que se queixam das barbas grandes na hora dos beijos... :(

[Homem/Mulher] e [Homem/Mulher]

Prestem atenção, que este último pode vir a ser-vos útil!

Provavelmente nunca repararam nisto, mas em Portugal todos damos primeiro um beijo no lado esquerdo da cara da outra pessoa e depois no lado direito...

A sério! Da próxima vez que cumprimentarem alguém, prestem atenção!

Na Grécia por outro lado eles dão primeiro no lado direito e depois no lado esquerdo, ou seja ao contrário...

Que é que acontece se uma pessoa começa este ritual de saudação do lado oposto da outra pessoa?

Muitas vezes acaba no meio!

Tirem as vossas conclusões :)

Conclusões

É interessante ver como algumas coisas que para nós são tão naturais e automáticas são completamente diferentes em outros países.

A Grécia é em muitas coisas um país muito semelhante a Portugal, mas atenção aos apertos de mãos entre homens e mulheres, beijos entre homens e por que lado começam os beijos com Gregos!

Se tiverem hipótese, deixem um comentário com o vosso feedback e se querem ou não mais posts deste género (extra poker).

 

Conclusões 2014 e Hipoteses 2015

Já estamos quase no fim do ano e acho que é uma boa altura para pensar no que correu bem ou mal e começar a planear o próximo ano.

Conclusões 2014

Neste ano decidi jogar os satélites hyper-turbo, porque achei que era o formato que iria dar um maior retorno a 1 ano, que me ia deixar mais tempo livre para outros projectos e optimizar a qualidade de vida. (O que vou jogar em 2014?)

2014

Em termos financeiros foi um ano excelente, já que consegui acabar a cima do objectivo que tinha pensado e não tive nenhuma despesa inesperada.

A parte da qualidade de vida até funcionou durante a maior parte do ano! Claro que eu já estava a contar jogar mais horas durante os meses de maior tráfego (Abril, MaioAgosto e Setembro), mas aí a adrenalina de conseguir mais vpps, jogos bons, jogar mais alto ajuda bastante a motivar para as horas extras. No entanto, acho que acabei por ser um pouco "greedy" nos últimos meses do ano e fui atrás da milestone dos 1.25M VPPs quando já não tinha muita vontade e/ou motivação para jogar os hypers (Balanço de Outubro e Novembro).

Relativamente aos outros projectos, acabei por não escrever o livro que pretendia escrever, ou de produzir o conteúdo que queria em geral e por isso peço desculpa a quem me segue. No início do ano senti dificuldade em conciliar o trabalho necessário para competir nos níveis mais altos dos hypers com a produção de conteúdo sobre torneios, então fui adiando para o final do ano a parte do conteúdo. Depois na parte final do ano já me senti um pouco cansado do grind e não sobrou muita vontade de pensar em torneios.

Acho que o conteúdo tem que estar de alguma forma alinhado com o que estou a jogar na altura.

Hipóteses para 2015

Para o 2015 tenho estado a considerar 3 hipóteses diferentes...

1) Sit-n-gos

A ideia aqui seria continuar a trabalhar nos hypers, mas também começar a jogar outros formatos de sit-n-gos, como steps, outros satélites, hus, 6-max 25BB, etc. Acho que ainda dá para continuar a trabalhar no meu jogo e alcançar patamares mais altos. Provavelmente iria focar-me primeiro em tornar-me competitivo em Heads-Up, depois jogos de 25BB e mais tarde de 75BB. O objectivo seria ser bom o suficiente em alguns formatos para conseguir pelo menos bater os jogos mais fáceis com um average buy-in de $200+ ou algo do género.

ss+(2014-09-05+at+09.14.20)

Esta opção penso que mais uma vez é a mais segura a 1 ano a nível de retornos, tem a componente de jogar stakes altos e permite-me talvez chegar aos 10M VPPs lifetime até ao final de 2016.

2) Cash Games

Já li alguns comentários em que algumas pessoas acham que me falta passar por cash-games para ser um "jogador completo", já que de certa forma já bati sit-n-gos e torneios. Eu acho que pode ser uma competência útil e dar-me acesso a um conjunto de jogos rentáveis que de momento estão inacessíveis para mim e talvez uma perspectiva mais completa do Poker do que a que tenho agora.

Acho que o futuro dos cash-games passa pelo Pot Limit Omaha!

Acaba por ser um jogo mais complexo e interessante do que No-Limit Hold'em, já que na maior parte das vezes as pessoas acertam algum tipo de mão ou draw no flop e há mais acção. Portanto se for para me dedicar a cash-games, acho que teria sentido começar logo de raiz a aprender o jogo que é talvez o jogo do futuro.

cash-kings-30-live-cash-game-show-plo-1

Tenho alguns amigos que jogam profissionalmente a um nível muito alto e seria muito interessante a possibilidade de vir a trabalhar com eles. Não sei se seria melhor começar em low-stakes ou mid-stakes, mas os meus amigos acham que a melhor solução é mid-stakes com alguma selecção de mesas. Imagino que teria que começar por passar mais tempo a estudar e tentar perceber as soluções para as situações mais comuns de jogo e aos poucos aumentar a precisão das minhas jogadas como tenho feito noutros formatos. Mas..., eu nunca joguei cash-games profissionalmente, pelo que não tenho certezas relativamente ao que é que funciona e não funciona...

Esta deve ser a opção onde espero ganhar menos a curto prazo, visto haver um espaço maior entre a aprendizagem e a rentabilização da mesma. No entanto, é possível que seja a opção onde ganhe mais a longo prazo.

3) Desafios

Um desafio de um ano a tempo inteiro como fiz em 2013 é ridiculamente cansativo e acho que já não teria o impacto que teve o de 2013. Como tal, pensei que talvez fosse interessante fazer algo do género 3-4 desafios de $100->$1k em formatos diferentes ao longo do ano e partilhar o que vou aprendendo. Acho que para quem assiste, a parte mais interessante é mesmo ver que é possível bater os limites que jogam actualmente com uma estratégia consistente e aprender a fazê-lo.

acoimbra-micro-sng-challe

Em termos de formatos podia ser algo do género: sits 9-max turbo, cash-games NLH 6-max, etc. Os formatos mais populares!

Aqui o objectivo seria produzir conteúdo útil enquanto fazia pequenos desafios, mantendo a maior parte do conteúdo grátis, mas tentar monetizar uma parte. A nível da parte gratuita provavelmente faria streaming de todo o desafio e a nível da parte monetizada, seria conteúdo onde me focaria mais na parte técnica do jogo e estaria disponível a um preço acessível para todos.

Conclusão

Devem ter reparado que nem sequer coloquei torneios como opção para 2014... Simplesmente é uma modalidade que em geral não se adapta às razões porque jogo Poker (liberdade e desafio). Temos que fazer horários onde ficamos presos ao computador durante muitas horas e horas essas que são bastante tardias baixando demasiado a qualidade de vida.

Nah...

Em relação às opções que aqui falei não mencionei o meu plano de conteúdos para a opção 1) Sit-n-gos e a opção 2) Cash-games, mas penso dedicar um dia por semana para fazer streaming de low stakes com as cartas expostas e comentários a explicar as mesmas.

O que é que acham que vou fazer?
Deixem um comentário na minha página do facebook! :)

multiple-ways

Como jogar Satelites Hyper-Turbo

1ª Parte



2ª Parte

Balanço de Outubro e Novembro

Tenho escrito um balanço mensalmente, mas em Outubro acabei por não o fazer. Joguei só meia dúzia de dias e para além de não ter estado com muita vontade de escrever, achei que não seria interessante analisar o volume equivalente a uma semana "normal" de trabalho.

Acabei Setembro bastante contente com os meus resultados, com a minha progressão nos hypers e o trabalho que desenvolvi nesta área. Foi uma grande luta em que comecei o ano com um pouco mais de $20k na conta e no final de Setembro estava com um lucro de cerca de $200k. Acho que se somarem os valores que tenho escrito nos posts desde o inicio do ano vão obter um valor semelhante. Provavelmente vai dar um pouco menos porque não inclui as vezes em que há problemas na ligação com a PokerStars e eles repõem em alguns casos os buy-ins dos torneios afectados, promoções e outras situações esporádicas.

Como podem imaginar, estava muito satisfeito com os meus resultados e só queria escrever um livro sobre torneios e ganhar mais uns vpps por uma questão de obrigações contratuais e para comprar o pacote para o PCA com o desconto que estavam a dar aos jogadores Supernova Elite.

No inicio de Outubro, tive que tratar de todos os assuntos que tinha deixado pendentes durante o WCOOP e depois fui passar uma semana de férias a Cabo Verde.

20141017_190330545_iOS

 

Também tive a oportunidade de ir ao baptismo oficial da nova carrinha da APPACDM de Penacova.

10683692_719263211495984_3731494441669687928_o

Foi uma experiência muito positiva e ajuda a meter as coisas em perspectiva. Ver que as preocupações que temos no dia-a-dia afinal não são assim tão importantes e que há pessoas relativamente perto que são felizes com relativamente pouco.

De resto..., podem ler na minha página do facebook a actualização que coloquei lá sobre algumas das alterações que houveram na PokerStars e se quiserem saber a minha opinião sobre as mudanças na empresa, podem ouvir o que disse no podcast do pokernews.

Já devem ter lido que a Vicky Coren saiu da equipa... Eu não valorizei muito a questão do casino, até porque, o que nos foi dito foi que não íamos ter que promover esses jogos e todos os jogadores têm a possibilidade de simplesmente desligar esses jogos, tal como se auto-bloquearem para não os jogar. No entanto, no caso dela eu entendo porque o fez. Ela já diz há vários anos que não se sentia bem a representar uma marca que vende jogos de casino online e na perspectiva dela quis ser fiel à sua palavra e não ser hipócrita. É algo que respeito, embora acho que seja uma questão de interpretação.

Questionei-me se queria ou não continuar na equipa em Outubro, muito antes da questão do casino, quando houve as tais mudanças que referi antes.

Estas mudanças deixaram-me com algumas questões em relação ao rumo que a PokerStars ia seguir, pelo que questionei algumas pessoas relevantes dentro da empresa.

As respostas que obtive fizeram-me querer continuar a estar ligado à marca e acreditar que vai continuar a ser uma boa plataforma para os jogadores que confiam na marca.

Hypers

Resumindo o que disse antes...

De certa forma sentia que já tinha fechado o ano a nível dos hypers, que a minha "missão" já estava terminada e estava só a "grindar por grindar" para terminar os pontos  com um buy-in médio mais baixo do que nos meses anteriores. Por outro lado, as mudanças na marca que já represento há alguns anos e as questões em relação ao futuro da mesma desgastou-me mesmo muito a nível emocional!

Isto fez com que jogasse o meu pior poker deste ano! Simplesmente não tinha vontade de jogar..., de estudar..., ou de trabalhar no meu jogo..., e..., inevitavelmente fui ultrapassado pelos meus adversários!

Podem ver aqui os resultados:

hypers_oct_nov

Acabei com um prejuízo de $31.4K nas mesas e recebi $16K de Recompensas Estelares VIPBónus de Recompensas VIP e Créditos Cash Milestone.

Isto dá um prejuízo total dos últimos dois meses de $15.4K.

Dowswings de 300 buy-ins em 11k jogos se calhar até acontecem a jogar bem, mas isto não foi apenas azar... Eu joguei mal, não me adaptei aos adversários e perdi dinheiro!

Gráfico

neo_graph_sngs_oct_nov

 


Torneios

mtts_oct_nov

$1050 foram perdidos num Super Tuesday que joguei porque me esqueci de fazer unregister e acho que não cometi nenhum erro grave no torneio, terminando num cooler em que tinha 50% de equity ou algo do género se não estou em erro.

O resto foi a tentar aproveitar as promoções dos torneios especiais da PokerStars em Novembro, que têm fields grandes e em 42 torneios o mais normal é mesmo acabar negativo, pelo que aqui não há muito a apontar.

No entanto, senti que o meu jogo de MTTs estava um pouco em baixo e houve algumas situações em que devia ter jogado mãos médias pós-flop de forma mais moderada e tentar controlar o tamanho do pot. Houve também outras pequenas coisas que tenho feito mal e assim que faço a jogada, sei que errei, porque já estudei estas situações no ano passado. De certo modo serviu de diagnóstico para ver aspectos do meu jogo que tenho que melhorar antes do PCA.

VPPs

vpps2014

Nada de muito interessante aqui, foi só para deixar o registo.

Sobre este blog

Já não escrevia há algum tempo e neste post abordei vários temas. Peço desculpa a quem me segue regularmente por não ter mantido o blog actualizado, mas como expliquei no post não me sentia com vontade de escrever e não gosto de escrever sem vontade.

Não sou o melhor jogador do mundo, nem nada do género, mas podem contar com um blog honesto onde eu não só falo de quando as coisas correm bem, mas também quando as coisas correm mal.

Ainda não decidi se vou manter o plano de escrever o livro, quais vão ser os meus objectivos no próximo ano, ou o que vou jogar.

Vou no entanto tentar escrever mais frequentemente aqui no blog e continuar a partilhar com vocês as minhas vitórias, derrotas, dúvidas e crenças que espero que de alguma forma vos ajude na vossa vida. Nem que seja a não cometer os mesmos erros que eu :)