Biografia


  • Nome: André Coimbra

  • Idade: 26

  • Naturalidade: Coimbra (Sim... Coimbra de Coimbra, já ouvi essa algumas vezes... :P)

  • Formação: Ciência de Computadores




Nasci em Coimbra em 1986 e desde que me lembro, sempre gostei de jogos e computadores!

Até ao 9º ano fui sempre bastante tímido e nunca tive grande motivação para estudar, acabando por ser sempre um aluno mediano. O ponto mais positivo foi no 6º ano quando comecei a jogar Magic: The Gathering, mas só joguei um ano e pouco, porque no 7º ano, fui a um torneio a 10 minutos de casa, quando era suposto ter ficado a estudar. Quando a minha mãe descobriu, queimou-me as cartas todas e deixei de jogar! :(

Secundário

O ensino secundário foi bastante marcante,  pelo que vou gastar algum tempo a contar-vos o que se passou.

No 10º ano como estava no curso tecnológico, tinha três disciplinas de informática, além das tradicionais do curso geral. Foi fantástico, porque os meus colegas partilhavam os meus interesses e sempre tinha algumas disciplinas que me interessavam. Nesse ano o professor de programação (Eng. Mário Lopes) acabou por me marcar bastante , porque não só sabia incitar o lado competitivo dos alunos, como também nos incentivava para participar nas Olimpíadas de Informática. O top4 nacional representava Portugal na Coreia do Sul nesse ano. Fiquei em 4º lugar e lá fui com tudo pago, mas o nível nas Olimpíadas Internacionais era demasiado alto para mim.



Penso que as notas nesse ano acho que foram 17+ nas disciplinas de informática e 10-14 nas outras, incluindo um 10 a matemática que foi votado pelos professores...

No 11º também participei nas Olimpíadas nacionais, onde fiquei em 2º e nas Internacionais nos Estados Unidos da América, onde também correu mal mais uma vez. No entanto, este ano foi radicalmente diferente do anterior. A matemática começou a ser necessária, pois à medida que ia resolvendo problemas de programação mais avançados, cada vez precisava de mais bases matemáticas, e penso que nesse ano tive 17 ou 18 a matemática! A física também tive uma nota do género e mesmo nas de informática as notas melhoraram.



Aqui deve dar a ideia que eu passava o dia a estudar...!

Não foi bem assim..., nesse ano, também fui o presidente da associação de estudantes da minha escola e praticamente todas as semanas tinha uma reunião à noite com as outras AEs da cidade, reuniões para eventos da escola e saía à noite pelo menos 1-2x por semana quase sempre com plafond pago pelas discotecas :)

AH! E provavelmente o momento mais importante desse ano foi quando uns colegas meus começaram a jogar Magic na nossa aula de filosofia (a professora não via bem) e voltou o "bichinho"! Fui aos poucos jogando torneios (1-2/semana) e conforme podia comprava algumas cartas para os baralhos que queria fazer.

Não me perguntem como é que consegui fazer isto tudo num ano, porque eu também não sei :P

No 12º ano, mais uma vez participei nas Olimpíadas Nacionais e Internacionais na Grécia, mal eu sabia que ia acabar por lá morar uns anos mais tarde...



A certa altura rompi um ligamento num pé numa aula de educação física um bocado antes da Páscoa e como tive que ficar em casa 2 semanas, comecei a jogar Magic Online e boom, de repente jogava tipo 10x mais jogos por dia do que antes e evoluí super rápido. Logo a seguir ganhei o campeonato regional de Magic e fiquei em 8º no campeonato nacional, mas infelizmente só os 4 1ºs iam ao campeonato do mundo.

Universidade

Entrei no curso de Ciência de Computadores na FCUP em 2004!

No 1º ano era bastante aplicado nos estudos e penso que acabei com média de 17. No meu tempo livre jogava Magic! Nesse ano fui ao campeonato nacional por ranking e fiz parte da equipa nacional.

No 2º ano comecei a jogar poker, fiquei em 8º no campeonato do mundo de Magic: The Gathering e a partir daí comecei a perder o interesse nos estudos e a dedicar-me mais ao magic e aos poucos ao poker.



Nessa altura comecei a viajar imenso pelo mundo para jogar magic!

No Magic fiquei em 7º no GP Malmo, 2º no GP Hiroshima e 7º no GP Phoenix.



No 3º ano do curso já só ia às aulas obrigatórias, fazia os trabalhos e estudava para os exames com uma semana de antecedência.

Jogava Fixed-Limit pelas várias salas que tinham bónus de depósito e fui aos poucos crescendo a banca de poker. Depois acabei por ficar pela PokerStars e dediquei-me aos MTTs (torneios de várias mesas).

Em Julho (2007) ganhei $13k no $11+r na PokerStars e nessa altura decidi que queria aprender um formato onde pudesse saber quanto é que ganhava à hora e com horários mais flexíveis, então comecei a aprender a jogar sit-n-gos (torneios que começam mal haja jogadores suficientes).



Em Setembro (2007) fiquei em 2º lugar no GP Malmo (outra final perdida para um Japonês) e em Outubro 3º no GP Brisbane de magic.



No 4º ano joguei poker em part-time e terminei o curso em Setembro com média de 14.

Depois decidi que queria experimentar jogar Poker a tempo inteiro durante um ano para ver até onde podia ir e se corresse mal procurava emprego na minha área de formação.

Em 2008 ainda alcancei o estatuto de Supernova na PokerStars e ganhei $14K nestes primeiros meses de Poker a tempo inteiro!



Em 2009 decidi que queria um desafio maior e quis ser o primeiro Português a alcançar o estatuto de Supernova Elite na PokerStars!
Em Novembro desse ano fui contactado pela PokerStars para me juntar à nova equipa deles (Team Online) e uns dias depois ganhei o Campeonato do Mundo de Magic: The Gathering!



Nos últimos dias de Dezembro de 2009 consegui ganhar os últimos pontos e ser o 1º Português Supernova Elite.



Em 2010 estive a morar 6 meses na Grécia, de onde é a minha namorada. Mas, mais tarde achámos que era melhor mudarmos para Lisboa!

Aa nível de Poker:




Em 2011:





Actualmente moro em Lisboa com a minha namorada e partilhamos um escritório.


Podem-me seguir neste blog, no twitter e no facebook!